terça-feira, 21 de setembro de 2010

Avatar FiliPêra

Quem são os novos nazistas?

 

Sim, Eu sei que atentados palestinos já mataram centenas, milhares de israelenses, mas mesmo assim o massacre perpetrado pelo Estado de Israel não deixa de ser chocante e passível de comparação com a chacina que os antepassados deles sofreram. Bom, as imagens falam por elas mesmas: a esquerda os judeus na época da Alemanha Nazista, e a direita os palestinos vivendo em Israel.

Atenção: imagens realmente chocantes!

 

[Via Mundo Gump]

16 Comentaram...

Marcelo disse...

Sinceramente, esse blog perdeu um leitor. Esse tipo de ativismo é pobre, parcial, e desrespeitoso com a história do povo Judeu. Não sou Judeu nem Palestino, mas sei que, quando decidimos tomar parte numa história que não conhecemos de fato, a primeira vítima é a verdade. E verdade, por si mesmo, já é um conceito bem relativo. Mas comparar com fotomontagens, um truque emocional barato, o que nós ocidentais cristãos fizemos durante dois mil anos aos judeus, que culminou na segunda grande guerra, não só na Alemanha, mas em toda Europa, com o que está acontecendo agora em Israel, sem jamais ter pisado em solo israelense, sem conhecer como vivem, e principalmente, como essa guerra chegou ao que chegou, como disse antes, é pobre, parcial e desrespeitoso. Lamento. Lamento até porque a Causa Nacional Palestina é maior que isso. E deveria ser levada mais a sério. Não com esse tipo de propaganda neonazista de baixo nível. Ao contrário de vocês, não vivo no oriente médio, e portanto, não me arrisco a fazer análises e comparações. Mas utilizar essas imagens do Holocausto nazista, nesse vídeo podre,vocês realmente perderam o bom senso e o respeito. Lamentável.

Michele disse...

Não acho que seja falta de bom senso ou respeito, acho que é a realidade lá. A comparação pode ser foda, mas, infelizmente, é inevitável.

Eu disse...

Não sei o que aconteceu com meu outro comentário, mas concordo como o que o Marcelo falou... Não sou fã nem de Israel e nem da Palestina e concordo que o ocidente e até mesmo o Brasil ( o voto de minerva para a criação do Estado de Israel foi dado por um brasileiro) tem culpa neste conflito.

Mas esse video foi muito escroto... nazistas são aqueles que deturpam a verdade.

Att.

Guilherme

Chaves Papel disse...

"Sim, Eu sei que atentados palestinos já mataram centenas, milhares de israelenses, mas mesmo assim o massacre perpetrado pelo Estado de Israel não deixa de ser chocante e passível de comparação com a chacina que os antepassados deles sofreram. Bom, as imagens falam por elas mesmas: a esquerda os judeus na época da Alemanha Nazista, e a direita os palestinos vivendo em Israel."

Aleatório disse...

Tudo bem que os nazistas sacanearam o povo judeu. Mas na minha opinião (ela vale tanto quanto a de uma discussão de buteco), os judeus usam o seu histórico de coitadinhos para poder fazer que querem e não receberem uma resposta à altura, pois ninguém quer ficar com fama de Anti-Semita Moderno.

FiliPêra disse...

@Marcelo e Guilherme...

Amigos, Eu conheço a história dos judeus, e muito. Conheço o suficiente para entender que eles devem achar que estão em Canaã novamente, para se por a tentar exterminar os que estão vivendo na "terra deles". Só não entendi o que você quis dizer com "nós" fizemos com eles nesses dois mil anos. Não sei que tipo de coisas os cristãos fizeram com eles, porque os judeus estão inseridos em todas as sociedades ocidentais e são os comerciantes mais prósperos e ricos, donos dos maiores canais de TV e bancos. Então, mesmo que o que tenha acontecido tenha sido profundamente lamentável, em nada justifica o que eles estão fazendo, inclusive contra crianças. E é por isso que a comparação com a Alemanha Nazista é extremamente válida. E não se engane, o que acontece em Israel recebe menos apoio do povo judeu do que você pensa. Pobre é essa ligação que você faz de judaísmo (religião e laços sanguíneos) com sionismo (criação de um estado judeu nos moldes do antigo, expulsando os que habitam próximos do lugar). O Estado de Israel nasceu do terrorismo, não sei se vocês sabem. Conhecem as organizações terroristas Irgun e Haganá? Pois é, foram dois grupos sionistas, que explodiram hotéis e bases militares britânicas - e serviram de base na criação das infames Forças de Defesa de Israel -, o principal braço armado na luta pela criação de Israel. Hoje Israel é fortemente dependente do apoio americano, que inclusive faz vistas grossas a uma máfia judaica que existe em Nova York e controla um dos maiores centros de venda de diamante do mundo, além de se envolverem em roubos e contrabando.

Não comentarei as imagens, pois elas falam por si próprias - sim, são podres, pois mostram que atrocidades são cíclicas, e que um povo reprimido pode virar repressor rapidamente. Elas não são pra convencer ninguém, somente para constatar o que está acontecendo e muitos abafam - e percebi que você pisaram em cima dessa realidade, tentando passa-la para segundo plano, sendo que é justamente ela que é o tema do vídeo e do post. E sua afirmação de "não vivo lá, não opinarei" é uma das coisas mais limitadas que já ouvi. Se for nesse sentido, só é possível traçar opiniões sobre seu bairro, sua casa e sua faculdade, sendo que o mundo é mais vasto e amplo. Assista, por exemplo, o documentário "To Shoot an Elephant", ou os textos de Noam Chomsky, ele mesmo filho de um emérito professor de hebraico. Lógico, existem muito mais fontes para se obter informação, mas dizer que não traça uma opinião por não estar lá me soa covarde - ou, caso não queira formar opinião, ótimo, só não tente colocar essa indecisão acima da opinião de alguém. Ainda mais que o governo israelense admite a existência de guetos na Palestina, admite que assassina crianças, admite que constrói muros, admite que impede que alimentos cheguem a Gaza.

E Eu não sou "fã" de ninguém, apenas acho tremendamente errado que exista alguém que compactue com a segregação que Israel diariamente faz em suas terras - que pode sim ser comparada a alemã dos tempos de Hitler, realmente não entendi o motivo de tanta revolta da parte de vocês, parece que o Holocausto é algo intocável, incomparável, quando Sabra e Chatila está aí para mostrar que coisas similares se repetem. Os crimes são mesmos: guetos e chacinas, apenas as desculpas são diferentes, embora a questão racial esteja fortemente presente nos dois casos.


Assistam isso aqui, por exemplo, se acharam o vídeo "muito escroto": http://www.youtube.com/watch?v=0GR7GYwpYe0

Aleatório disse...

@Eu

"Mas esse video foi muito escroto... nazistas são aqueles que deturpam a verdade."

Veeeelhhoooooo... Dizer que nazistas são aqueles que deturpam a verdade é algo complicado (do ponto de vista lógico).

Por contra positiva, nós temos que quem não deturpa a não verdade não é nazista, então você diz que algumas pessoas não eram nazistas porque não deturpavam a verdade. Ora, verdade é um conceito relativo e nem todos os nazistas a deturpavam (eles apenas acreditavam na verdade que lhes era passada). Logo o seu pensamento não é válido.

Supondo que a lógica do parágrafo anterior não seja válida e que todos os nazistas deturpam a verdade. Isso não tem nenhuma relação em dizer que quem deturpa a verdade é nazista, ou que todas as verdades deturpadas tem alguma relação com nazismo (troque ser nazista por ser catarinense e deturpar a verdade por ser brasileiro e isso ficará mais claro).

Agora vamos sair dos meus devaneios sobre lógica e comentar sobre o vídeo, eu acho o vídeo bem interessante pois mostra a relação de oprimido e opressor.

Von Goethe disse...

Todos sabem que o estado Israel é o veneno do oriente médio, e são os verdadeiros terroristas da região, mas ninguém consegue fazer nada, pois são completamente protegidos pelos EUA.

FiliPêra disse...

@Marcelo...

Só complementando meu ponto de vista: se "o que nós ocidentais cristãos fizemos durante dois mil anos aos judeus" efetivamente torna legítimo os massacres que o Estado de Israel (Estado, não judeus, são duas coisas diferentes) empreendem diariamente, o Nazismo pode ser legitimado da mesma forma somente se olharmos o que as potências fizeram com a Alemanha no Tratado de Versalhes, quando a humilharam de todas as formas. Em outras palavras, caso você desconheça o que estou falando: um erro não justifica o outro. E os palestinos não tiveram NADA A VER com o que os judeus sofreram nesses tais dois mil anos do que os "nós cristãos fizemos". Nem os palestinos nem os árabes!

Diego Maia disse...

Pensei em entrar num debate, mas depois do que disse o FiliPêra, nada mais precisa ser acrescentado.

Marcelo disse...

Continuo achando esta comparação absurda, mas não pretendo me alongar sobre isso. Trata-se de apenas menos um leitor. E pelo perfil e rumo atual do blog, não faremos falta um ao outro.

Ednaldo disse...

Bem, não entendi muito bem a colocação do Marcelo (sem estresse, Marcelo, não é um ataque a vc), visto que se as fotos são verdadeiras, se os eventos naquela região são verdadeiros, por que houve mentira na vídeo?

Dizer "vcs não vivem lá e não sabem como é", como disse o próprio Filipêra, é a mesma coisa que vc dizer "Não posso falar mal dos neonazistas europeus por que não vivo lá, nem posso falar mal da politica de alguns países africanos que AIDS não existe, por que não moro lá..."

Aliás, vc nem poderia falar mal então da KKK por que não mora lá, ou por que não e negro, muito menos pode falar mal do tráfico de drogas por que nao usa drogas e tbm não poderia falar mal de gente que bebe e dirige, por que vc não estava no bar...

Não achei o ponto de vista muito positivo. E se fechar a um diálogo posterior tbm não foi muito legal.

Rodrigo 144 disse...

É possível contar um monte de mentiras dizendo só a verdade!

http://www.youtube.com/watch?v=zxBqjczUZHA

Rosana disse...

Não há dúvidas que hoje os palestinos sofrem muito. Mas dizer que os judeus viraram neo-nazistas é pretencioso demais. Até porque se eles tratam palestinos com truculência é somente pelo fato que tem sido constantemente atacados, os judeus tem recebido truculência também. Os judeus sofreram e continuam sofrendo com ataques de homens e mulheres bomba ( e esperemos que a loucura xiita não recrute bebês-bomba ). Dizer que os judeus pintam de coitadinhos é que é preconceituoso demais. Se estivéssemos na pele de Israel, faríamos a mesma coisa: defender a nossa terra, nossos direitos.

Anônimo disse...

esse site, é uma merda , tenho uma amiga sazista mais não quero ser igual a ela, eu sou contra os nazistas , mas ela eu amo.

Anônimo disse...

Esses judeus descendentes do assassino Caim, são os Maiores Nazistas do mundo! Sempre foram prseguidos porque nem o próprio Deus gosta desses parasita globais! São o Povo Eleito do Satanás!

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo