sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Avatar Colaborador Nerd

Jovem mata a mãe por não pagar a conta de internet

Por Murilo Andrade, do Humorragia 

 

ii_1265289c6753aa91

Os games fazem parte da vida de todo o bom nerd. Ainda que acusados de incentivar a violência, o consumo de drogas e outras afirmações vindas de pessoas que nunca encostaram um dedo num vídeogame, eles nunca perdem a sua popularidade e já há uns bons anos superaram a indústria cinematográfica em lucros. Mas aí aparece algum jogador fanático que comete algum crime ou só alguma loucura mesmo e corrobora sem querer para as críticas feitas por gente como o Hugo Chavez. Já houve um caso de um jovem que morreu por jogar três dias sem parar, um japonês que se mudou para uma lan house (no Japão, as lan houses funcionam como verdadeiros hotéis, com cama, chuveiro e tudo), o meu, que esqueço até de comer em jogos mais acirrados e o de uma dúzia de caras que provavelmente não recebeu uma boa base emocional da família quando criança e pega uma arma para eliminar toda e qualquer pessoa que tiver o azar de cruzar o seu caminho.

Recentemente, aconteceu um caso no mínimo curioso. O jovem romeno Ionut Savin, de 15 anos, esfaqueou sua mãe adotiva após ela se recusar a pagar a conta de internet e ter o serviço cortado. A mulher achava que esta era a única forma de fazer o garoto parar de jogar. Após atacar a mãe com 17 facadas, o cara ainda foi pra lan house, onde jogou Counter-Strike por horas.

O jovem, que já havia perdido 200 dias de aula pra ficar jogando online, foi preso e está em uma clinica psiquiátrica. E, antes que alguém fale no jornal que essa é a prova cabal que os jogos provocam violência, eu já joguei Counter-Strike e nunca matei ninguém. Como bem apontou o Raphael, do Arkade, pessoas matam pessoas, não os jogos.

 

[Via Arkade]

13 Comentaram...

Fernando Busch disse...

lol! o cara é um doentinho.. :) eu também já joguei CS (quem não jogou, afinal?).. (considero ele um jogo muito podre, mas não vem ao caso).. a cena do carinha ir jogar cs logo depois de esfaquear a mulher é chocante.. :) imaginei ele chegando na lan logo cheio de sangue nas mãos hah.. mas, falando sério.. concordo contigo.. não se pode culpar os jogos quando a base familiar de pessoas assim é um fiasco.

:)

Mandos Fëantur disse...

Um jovem de 15 anos capaz de dar facadas em alguém e depois sair de casa como se nada tivesse acontecido obviamente tem transtornos, independente de qual seja o objeto do vício. O vídeo-game, nesse caso, assim como em outros semelhantes, é só a válvula de escape pra uma condição psiquiatrica pré-existente.

Anônimo disse...

Mate todos que falam que video game gera violência.

king.vithor disse...

Porra Counter-Strike??
A pessoa que mata outra pessoa por Counter-Strike não merece o meu respeito.

Gabi disse...

Putz CS é ruim de mais...

May Cry disse...

Lá vamos nós ouvir m&rd@ no Jornal Nacional. Aliás, em todo canto.

João disse...

Cuidado com esse argumento de que "pessoas matam pessoas", porque ele é tao genérico que livra não só os videogames, mas também qualquer coisa que encante ou vicie, em diferentes níveis de periculosidade, polêmicas ou não, legais ou ilegais - armas, crack, álcool, videogame, RPG, maconha...

Cuidado pro afã de impedir a regulmantação dos videogames não abrir as portas pra desregulamentação total de qualquer coisa. O tipo de brecha que se atrai com essa frase perigosa é permitir a venda livre de crack, or exemplo - afinal, o crack não mata, pessoas matam. Não se faça acordos com o diabo pra garantir o próprio rabo...

Velho da Montanha disse...

esses jogos são incentivo sim a violência e deveriam ser proibidos

coisa de nerd desocupado que nunca viu mulher e passa a noite se masturbando, um dia fica louco e mata a mãe!!

Panthro Samah disse...

O cara era dependente, ponto. Poderia ser de bebida, de pôker, de fazer musculação, de fazer compras, do que quer que fosse, o comportamento poderia ser semelhante. Um viciado, quando lhe impedem o acesso ao vício pode ficar violento. Tanto faz se é crack ou video-game.

Existem pessoas que bebem numa boa e não ficam dependentes e existem alcoólatras. Existem pessoas que jogam vídeo-game normalmente e existem os dependentes. Pra esses é necessário tratamento e, eventualmente, nunca mais jogar. Eles não são como as outras pessoas: seus cérebros reagem de forma diferente ao mesmo jogo.

Portanto, jogos não matam pessoas. Pessoas matam pessoas. E isso vale tanto pra vídeo-game quanto pra crack. O crack nunca matou ninguém. Pessoas que ESCOLHERAM usá-lo mataram.

Anônimo disse...

Base familiar é tudo !

Poh o mlk era adotado ja! ,ninguém nem sabia se ele ja tinha retardadices ou comportamentos piscopatas.

Meu fazer o que cada um cada um !

Eu tambem ja joguei CS e nunca matei ninguém

Anônimo disse...

Ridiculo.
"Incentivo a violência"?
Quantos jogadores de CS, e outros jogos violentos, temos espalhados pelo mundo?
Acho que na casa dos milhões, certo?
Se isso for verdade porque não temos tantos casos de assassinato assim?
Um ou dois entre milhões não deve servir como base de comparação. Comparar com coisas sérias como crack chega a ser bizarro. Só no meu bairro sete morreram semana passada por causa de droga.

Anônimo disse...

Vc conhece algum caso de extrema violência ligado a jogo? Eu só soube de um ou dois casos em anos no jornal em lugares distantes como Romênia ou Japão.

Vc conhece algum caso de extrema violência ligado a droga, religião, futebol..? Se for contar só esse ano da minha cidade o número já passa da primeira dezena.

E olha que nem gosto de Videogame. Só fico puto como o povo perde tempo pra se preocupar com coisas tão fora da nossa realidade quando há maselas tão mais importantes acontecendo.

Anônimo disse...

Existem jogos que superam em muito o realismo e a violencia do que o cs, que eu jogo. Existe muita coisa em "jogo" ai - a criaçao do moleque por exemplo, nao sabemos como foi, se ele era bem orientado. Pra mim, pela idade do moleke a culpa é dos pais, e nada amais do que isso. Ele é um doente, fato e os pais nao se atentaram

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo