sábado, 30 de janeiro de 2010

Avatar FiliPêra

[#CParty] O pentelho mais pentelho de todos os pentelhos. Ou: Como nascem os psicopatas

 

mallu

A coisa mais foda de uma Campus Party não são as palestras - em sua maioria modorrentas, mas sim as figuras realmente estranhas e engraçadas. O interessante é que mesmo com todos basicamente habitando o mesmo espaço – um pavilhão gigante cheio de computadores – existem universos alternativos dentro desse universo alternativo! Por exemplo: os caras da área de robótica estão pouco se lascando para as coisas que rolam na área de blogs, assim como os viciados em games, que em sua maioria não sacam nada de fotografia.

Dentro desses nichos encontrei seres realmente extreme! Como nem cheguei muito perto do povo das ciências (Software Livre, Robótica, Modding e Desenvolvimento) e conhecia boa parte dos blogueiros, os caras que localizei foram gamers. Sim, Eu os respeito, e muito, mas alguns são realmente estranhos.

Um dele é um moleque de 13 anos que não quis me dizer o nome, mas tem uma cara assombrosamente parecida com a da Mallu Magalhães, o que quer dizer que o chamarei assim toda a vez que o ver ou o citar. Mallu é arredio a fotografias, mas é verborrágico, mesmo que fale mais asneiras por segundo que um personagem do naipe do Homer Simpson. E ele deu o azar de me encontrar numa noite ruim: tinha acabado de participar da gravação de um videocast, e a edição do mesmo estava uma porcaria, já que o som ficou uma grande droga.

Do nada surge aquela figura catarrenta, que inventa de tirar onda com a minha cara. Normalmente meu lado zen tomaria o controle e Eu só mandaria umas respostas para ele, logo depois retornando aos meus afazeres… mas ele resolveu ir além, e mostrou que devemos ter raiva de guris excessivamente viciados em games.

Mas admito que o pequeno maldito tem coragem. Ele disse que Counter Strike é coisa de noob mesmo estando no meio de um monte de gamers old school (tá bom, 99,87% deles são inofensivos longe do ambiente artificialmente violento dos videogames, mas deixemos assim para dramatizar melhor a história aqui) que montaram mais servers do que o número de terremotos anuais do Japão.

Indaguei ao pentelho se ele estava acompanhado por algum adulto, e ele relutantemente olhou para uma menina – também com cara de menor de idade - que o estava acompanhando como sombra em dia de sol desértico. Ele disse ela era irmã dele, mas pela cara debochada que ela fazia assim que Eu o zuava, ela mais assemelhava a uma prima que o odiava com todas as forças.

Após uns quarenta minutos de besteiras conversa, o guri desiste e vai embora. Um dia depois ele voltaria, com as pernas parecendo um alicate enferrujado, provavelmente por não ter passado Hipogloss ou algo assim. Ele parece que ficou com raiva de mim (e dos outros – por outros entenda os participantes do CampusCast) que – já que sai correndo assim que gritamos MALLU.

Mas senti mais pena do que qualquer outra coisa. Por mais militante que seja à favor da causa gamer, jogando de lado aquela babaquice clássica de que a culpa de toda a violência é dos games (que de vez em quando vemos em produtos como o Jornal Hoje), é possível ver como alguns guris – e adultos também, vi vários – se deixam dominar por dias e dias de jogatina. Mallu, por exemplo, jogou 48 horas direto, segundo depoimento de um vizinho da mesa dele. Logo depois dormiu da forma como vocês viram na foto lá em cima por umas 16 horas.

Obviamente tais extremos são vistos em todo o canto, mas é por motivos como esse é que não é recomendável a vinda de menores. Eu, ao menos, não recomendo, e fiz coisas meio puxadas, como dormir meia hora por noite, e tomar litros de Red Bull e Coca (e mojito, mas não posso falar essa) com o estômago vazio. Pode parecer o contrário, mas não existem muitas regras por aqui. Com exceção de bebidas, o resto é mais ou menos livre, é como estar em casa. Na verdade é mais permissivo ainda. Rola de se fazer barulho o quanto quiser, dormir onde bem entender, não tomar banho, usar luz elétrica à vontade, invadir o site da Embratel… enfim, coisas meio perigosas para um guri de 13 anos talvez nunca tenha recebido uma dose dessas de liberdade.

Não sei como são os pais desse pentelho, mas imagino que se enquadrem apenas em duas categorias: a) permissivos extremos que mimam o pivete até não querer mais; b) sofredores que não vêem a hora de conseguir dar um tempo da presença dele. Pelo naipe psicopata do guri, creio que eles são omissos, se enquadrando na segunda categoria (e logicamente têm bastante elementos da primeira). é só eles não reclamarem se não reconhecerem o filho daqui a uns dois anos, já que não parece ser muito saudável solta-lo num ambiente em que arrastar cadeiras ou fazer guerra de flyers são consideradas atividades recreativas.

6 Comentaram...

Fernando disse...

Counter-Strike é coisa de noob?? Como ele se atreve???
Admito que estou em dúvida, se ano que vem pego minhas férias no Natal, pra passar com a família, ou em Janeiro, pra praticipar da Campus Party. Acredito que os projetos em Robótica e Software Livre sejam muito interessantes.
Mas escuta... Tem restrições em relação às bebidas, é?? Como funciona isso??

Murilo Andrade disse...

É por essas e outras que tomei a resolução de nunca ter filhos!

Douglas Silva disse...

O Mallu é muito corajoso dizendo que CS é coisa de noob justo na Campus Party. Isso mostra a pessoa "agradável" que ele se tornará. hehe

Mas é normal encontrar essas "mulecadas" em um evento desses, afinal hoje em dia os games comandam a vida de muitos.

Campus Party 2011 ai vou eu!

Syndrome disse...

uhauhau putz

Chaz disse...

Só não pode bebida?

Então rola AQUELE cigarrinho?

há, acho que vou ano que vem

danielsouzat disse...

E é. CS está para o mundo dos jogos de tiro, assim como Tibia está para o universo dos MMORPGs.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo