quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Avatar FiliPêra

[#CParty] Entrando e saindo…

  fila_dos_infernos

Creio que quando a ficha caiu para a minha pessoa de que estava pisando num universo à parte chamado Campus Party, foi quando rolou o que alguns malucos chamam de flash mob. Flash mobs na Campus Party não passam de gritaria promovida por uns doidos sem muita coisa na cabeça, ou alguns desocupados combinando por MSN – e sentados na mesma mesa – de sair por aí com umas mensagens sem sentido nos notebooks. Mas se essa maluquice foi o “cair da ficha”, acabou por ser também a pior parte do evento (tá bom, nem tanto, alguns flash mobs renderam até momentos engraçados), e realmente o mais esquecível de tudo, porque no geral esse bendito início da Campus foi foda (Eu sei, estou escrevendo isso quase no fim do evento, mas ignore)!

Na verdade tiveram mais coisas esquecíveis, e logo quando bati de cara na Campus Party: as filas! Minha caravana vinda do glorioso Espírito santo chegou por volta das 16h – umas três horas atrasada, diga-se de passagem – e o quadro não foi nada animador. Ainda longe do Centro de Exposições Imigrantes, o local que está abrigando os campuseiros por uma semana bem louca, já podíamos ver uma fila matadora para o credenciamento. Era o tipo de desgraça estressante que ninguém gostaria de enfrentar, mas fazer o que? Se queríamos um evento organizado, as malditas filas apareceriam!

A sorte é que a produção da TV Cultura – recheada de gatinhas, devo ressaltar – tinha marcado de fazer uma reportagem comigo, e acabou por me fazer ganhar uma hora da minha vida, ao simplesmente usar os poderes da imprensa para me colocar lá na frente da fila do credenciamento. Vencida a fila… descobri ser ela apenas a primeira. Logo depois enfrentei uma pequena fila para credenciar meu notebook. Vitória, afinal?! Não, ainda tinha a mais torturadora e brutal delas – e também a mais inútil: o salve-se quem puder para  se conseguir uma barraca e não dormir no relento nas frientas noites da área de camping. Sim, toda aquela porcaria de fila poderia ser eliminada se os campuseiros soubessem de antemão, via site, o lugar onde estaria sua barraca!

Após mais essa fila, a coisa estava mais ou menos encaminhada. Passei num stand da Telefônica e garanti uma mochila com brindes mais ou menos interessantes e úteis, como um squeeze do Mercado Livre e um cadeado para trancar a barraca – também da Telefônica (estamos num país capetalista, um evento desse porte precisa de patrocínios e marcas espalhadas por todo o canto). Depois peguei duas toalhas da Pagseguro e vi que finalmente deveria arrumar as coisas na minha barraca.

Basicamente só tirei o notebook da bolsa e fui saber se a conexão realmente prestava pra alguma coisa. Arrumei um cabo de rede  (wireless? Só algumas redes particulares vagabundas e menos estáveis que o governo da Libéria) e uma cadeira vaga e parti pras experimentações. Primeiro foram meus torrents – e duas temporadas de Lost e Sons of Anarchy depois – que indicaram que as velocidades eram boas, mas nada de outro universo. Em média baixei a 20 MB, embora tenha chegado a baixar coisas a 60 MB (via FTP).

 

camping

A segurança também é forte, embora alguns vigias sejam preguiçosos. É preciso mostrar o adesivo de segurança de seu notebook para ver se confere com o número do seu crachá ao sair de qualquer área, além de uma revista nas mochilas, e uma passagem por detectores de metal. É claro que logo surgem filas para a passagem por essas inspeções, o que leva qualquer um a desistir de ficar perambulando pelo evento, principalmente quando não arranjou pessoas de confiança para vigiarem o notebook enquanto anda por aí.

 

mesas

As áreas são basicamente duas: a Expo, com stands de empresas, no estilo mais tradicional de feira mesmo… e a área exclusiva para os campuseiros, que é basicamente um sem fim de mesas recheadas de cabos de rede e gente estranha que twitta mais qu um robot com buracos no MySQL (piada interna…). Mais ao fundo foi montada a área de camping, com suas filas e filas de barracas – e banheiros melhores.

Mas… wathever! Com esse post meio didático quis dizer que nossa cobertura atrasada da Campus Party Brasil 2010 está começando. Ao contrário da maioria, não vou fixar em fazer resumos de palestras, até porque isso vocês podem ver daí através da  TV Campus Party (geralmente com mais qualidade do que ver ao vivo)… mas em escrever sobre coisas muito mais interessantes, como o cara que tem mais de 6oo GB de putaria, os casemods mais fodões do evento, a galera do Partido Pirata, o clã de games que tá se ajeitando para ir num puteiro no fim de semana, e essas coisas estranhas que só quem não tem nada a perder consegue. E infelizmente procurar esse tipo de coisa exige tempo, fora que estou sozinho aqui (sim, sou o Voz do Além, se você ainda não sabe. Mais sobre isso num próximo post)… Mas garanto que vai valer a pena!

 

CampusCast #1 from Guilherme Berghauser on Vimeo.

Acima está um videocast da qual Eu participei com um povo muito legal que Eu e a Daiane Vivo Verde conhecemos antes e depois do evento (na verdade o antes foi por conta dela, Eu mesmo não conhecia ninguém). Não vou mentir: o som está uma bosta, apesar dos meus esforços na edição, mas o conteúdo é interessante e vale a pena, abordando mais profundamente coisas como a segurança, e a organização do evento, é só ter fones de ouvidos bons e um pouco de paciência.

Agora me dá licença que vou ali tomar um Red Bull

17 Comentaram...

Douglas Silva disse...

Nossa, se alguém estivesse na dúvida de ir ou não ao evento esse artigo seria bem útil. Claro que para fazê-lo desistir da ideia, mas tudo bem.

Eu fiquei p*to porque não pude participar esse ano, apesar de todos os bads que você citou, eu continuo excitado pela próxima Campus Party. Quero conferir de perto as filas, a avacalhação e muita tecnologia.

Abraços!

Cuzeiro disse...

O alter ego do FiliPêra era tão secreto quanto o do Mattew Murdock como Demolidor. hehehehe =D
(Já desconfiava desde a época em que o Brunêra deu mole aqui nos comentários e chamou o Voz pelo nome real.
E a confirmação veio no dia em que o Voz colocou a foto dele criança no avatar do twitter.


Deixando a tietagem de lado, estamos a espera de mais posts (o lado podre hahaha) a respeiro da Campus Party!

Abraço!

Anônimo disse...

"sim, sou o Voz do Além"...?!

J. Brizzi disse...

Bom, admito que me sinto mais honrado em ter as perguntas do Formspring respondidas pelo FiliPêra que pelo seu alter-ego, maas...
Desconfiava desde o princípio
(Ou não, sou tapado mesmo :D)

Tucu disse...

Essa revelação foi o maior spoiler dos últimos tempos

Anônimo disse...

Spoiler total. Perdeu a graça.

Joelma Alves disse...

Gente,será q só eu não desconfiava???Achava os dois tão diferentes...Mas,Felipe,vc vai ter q explicar essa história direitinho...Quais foram seus motivos para tamanha farsa!!rsrs

Tes-Hahn disse...

Eu também não havia sacado antes, nem cogitava essa possibilidade, na verdade! Spoiler violento!! pelo menos para nós, os desavisados que não somam 1 e 1... :P )

O mais engraçado é que essa revelação gerou mais comentários que o post em si. Confessa ai, você sabia que não iam comentar muito se você só falasse da Campus Party, e soltou essa revelação para comentarem aqui!!

Secured Loans disse...

This is a very good website - I find it interesting.

Pablo Reis disse...

kkkk é jogada de marketing ^^ o real voz ainda é desconhecido ^^

usuariocompulsivo disse...

Puta que pariu, seu gay. Tu é o Voz do Além, porra!!!! Me enganou esse tempo todo! Olha que isso vai ter volta, viu!

[]'s
Compulsivo

Murilo Andrade disse...

Lembro que logo no início da minha colaboração aqui no NSN eu jurava que o Voz do Além era alguém à parte. Então para descobrir a identidade dele mandei-o ver o Orkut da minha irmã e assim veria quem era pelo perfil. No outro dia entro e estava lá o Orkut do FiliPêra. Burro que só eu nem cogitei que o V era o próprio Filipe.

Tempos depois surgiu a desconfiança. Tanto que no dia da revelação disse em meu Twitter: "Vou pra casa ver se dá tempo de ver que o Voz do Além é o FiliPêra."

Panthro Samah disse...

Putz! O staff site acabou de encolher quase 30% de repente!!

May Cry disse...

Cara, a gente até supera. Mas imagina o Mauro Tavares, que reclamava do Filipera para o Voz do Além, ou seja, pro Filipera! Vamos dar a comenda "Sargento Garcia" pro Mauro Tavares...

Murilo Andrade disse...

@May Cry

O Tavares sempre foi o leitor mais chato.

T. Mileto! disse...

Confesso que só descobri que "Voz do Além" era o Filipe, a três dias atrás e graças a uma twittada. HAHSHAHSA.
Acontece.

Aleatório disse...

Eu ainda não acredito que o Felipe seja o Voz x.x

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo