quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Avatar FiliPêra

Os mais terríveis instrumentos de tortura usados pela Inquisição em nome da religião

 

 torture-06

[Nota: Esse post não é para fracos]

Você provavelmente estudou sobre a Idade Média, ou como ela também é conhecida: Idade das Trevas. Talvez na época você fosse uma criança, ou adolescente, e a professora não queria te chocar - ou desconhecia o assunto profundamente -, então provavelmente deixou de fora a parte mais pesada da coisa, que incluía torturas maníacas como nunca se viu, e que só devem encontrar paralelo nos delírios de Stalin, Pol Pot, ou dos carcereiros de Abu Ghraib. 

Apesar de haver exceções, em sua maior parte o período foi exatamente isso: Trevas. Muitos historiadores colocam a culpa nas invasões bárbaras, e em como esses povos eram primitivos, mas o fato é que grande parte do atraso se deve aos sucessores do todo-poderoso Império Romano: a Igreja Católica. É só ver o rumo que tomou a Filosofia, as Artes e a Ciência para ver que estava tudo nas mãos da Igreja. Um caso clássico é o de Galileu Galilei, que teve de voltar atrás nas suas descobertas sobre a questão da translação da Terra, porque suas teorias iam de encontro ao pensamento (errôneo) imposto pela Igreja.

Também existiu o que ficou conhecido como Index Librorum Prohibitorum, que era uma lista de livros proibidos pela Igreja na época, administrada pelo Santo Ofício (que parece menos inócuo chamado por seu nome mais conhecido: Inquisição), que não por coincidência foi criado na mesma época que o protestantismo começou a assombrar a supremacia dos Católicos, por volta do século XVI. Para você ter uma idéia do atraso da Igreja, ela só foi abolir oficialmente o Index - que incluía em suas proibições, gente como os escritores Voltaire, Alexandre Dumas e Jean-Paul Sartre, e os cientistas Galileu Copérnico, Descartes e Pascal - no ano de 1966.

Mas essa escuridão cultural e conservadora foi uma das facetas mais amenas da Igreja Católica na Idade Média. Os piores momentos foram reservados aos distintos senhores responsáveis pelo Tribunal de Santo Ofício! Inicialmente, de acordo com relatos históricos medievais, a Inquisição foi criada para combater o sincretismo religioso, em 1184, que unia a fé católica a cultos pagãos e realizavam adivinhações utilizando coisas como plantas.

Mas as atribuições da Inquisição foram se tornando cada vez maiores. Além de iniciar uma campanha - é necessário que se entenda que mesmo tendo uma organização unificada, com um representante perante o Papa, os Tribunais eram mais ou menos independentes, assim como os Poderes Judiciários de hoje, sendo instalados onde tinham focos de heresias e outros pecados - contra o sincretismo, a Inquisição ficou a cargo de julgar crimes/pecados como heresias, adultérios, feitiçaria (esse levou muita gente pra fogueira), além de colocar a culpa nessa gente de toda a sorte de desgraça que ocorria no local em que estava instalado o Tribunal.

Logicamente, com tamanho poder, os Tribunais impunham punições políticas e econômicas, de forma a aumentar a expansão da Igreja na época. Dessa forma, as penas mais leves, geralmente vistas como alívio, era o confisco de bens, além de flagelos públicos, e desfiles com roupas de hereges. Com a vasta quantidade de penas aplicada, não é difícil entender porque a Igreja foi relativamente a instituição mais rica da história. Com ela, enriqueciam os reis que a apoiavam, como era o caso dos espanhóis.

E os relatos dizem que os Inquisidores eram eficientes. O mais famoso deles, o espanhol Tomás de Torquemada, foi o responsável por diversas campanhas contra judeus e muçulmanos na Espanha. E para chegarem a esse nível de eficiência, os inquisidores - a exemplo dos homens responsáveis pelo Gulag - eram criativos. Necessitavam espalhar o terror para que todos tivessem medo deles, e para isso abusavam de instrumentos sem precedentes na história humana, com o intuito de causar dor extrema, sem, contudo, matar o herege, dando tempo pra ele confessar seus pecados (ou dizer onde escondeu a herança dos avós dele)!

Dizem que a tortura nessa época não era tão comum quanto a gente pensa, mas fica difícil afirmar isso após dar uma olhada nessa lista de aparelhos que parecem ter saído de uma filme de Hellraiser, ou Jogos Mortais.

 

a368_Breast

O Arranca-Seios

Este é um instrumento usado primordialmente em mulheres, geralmente acusadas de abortos ou de adulterarem. Seu uso era simples, e consistia em esquentar o aparelho numa fogueira, prende-lo no seio exposto da vítima, e depois arranca-lo vagarosa ou lentamente, dependendo do que o inquisidor queria causar. Logo depois se deixava a mulher sangrando para que pudesse morrer de hemorragia, ou que fosse levada a loucura pela dor.

 

a368_Saw

A Serra

A imagem já explica toda a diabrura desse instrumento, mas tem um adendo: o fato da vítima ser virada de cabeça pra baixo tem uma explicação científica. Com o sangue descendo todo para o cérebro, a vítima não desmaiava enquanto sofria de dores extremas, como é normal no corpo humano. Ao invés disso, ela só morria quando a serra chegava no abdômen, quando os serradores paravam, e esperavam que a pessoa terminasse sua agonia, o que poderia durar horas. Seu uso era muito incentivado pelo fato de serras serem baratas e facilmente encontradas em muitos cantos.

 

a368_Judas

O Berço de Judas

Esse instrumento era um pouco mais elaborado que o clássico empalamento popularizado por Vlad, o Drácula, mas parece muito pior, devido a lentidão com que a dor era infringida. A vítima era colocada com o ânus ou a vagina sobre a ponta do berço e era lentamente baixada através de cordas amarradas a ela. Parece simples, mas existe agravantes aí. Se ela demorasse a morrer - o que poderia levar dias - poderiam ser amarrados pesos nas suas pernas, para dar uma acelerada no processo. Mas se quisessem o efeito contrário, a vítima sofria sozinha. Fora que nunca lavavam o aparelho, o que produzia infecções dolorosas.

 

a368_Rack

O Rack

A vítima era colocada nessa mesa, e cordas eram amarradas nos seus membros superiores e inferiores. Um algoz se punha a enrolar a corda vagarosamente, até que as articulações se deslocassem, o que causava dor extrema na vítima. Alguns algozes mais afoitos chegavam a arrancar braços e pernas, matando por hemorragia. Mais tarde foram incorporadas lanças para estocar a vítima enquanto ela ia sendo esticada…

 

9

A Pêra

Esse era o instrumento favorito a ser usado contra adúlteras e homossexuais. Esse aparelho era inserido no ânus ou na vagina (ou boca, se ele fosse um mentiroso) da vítima e através daquele engenho na ponta, ele se abria em duas partes ou mais partes, dilacerando o interior do inquirido. Raramente levava a morte, mas na verdade ela era, geralmente, apenas o início das dores do acusado.

 

a368_Splitter

O Corta-Joelhos

Os joelhos do acusado eram colocados no meio dessas garras, para serem esmagados lentamente. Às vezes, o aparelho - um dos preferidos pelos espanhóis - era aquecido, para aumentar a dor da vítima. Outras partes do corpo eram colocadas nas garras, como os pulsos, cotovelos, braços, ou as pernas. A idéia era inutilizar as articulações da vítima, ou o método servir como o início da tortura, visto que não era mortal em grande parte dos casos.

 

a368_Crusher

O Triturador de Cabeças

Outro preferido e aperfeiçoado pelos espanhóis! A cabeça do inquirido era coloca numa barra de ferro, com o queixo apoiado na barra - algumas tinham recipientes especiais para os globos oculares - enquanto seu crânio era lentamente esmagado. O primeiro a quebrar era o maxilar, e algumas dezenas de minutos depois, a morte, após dores lancinantes. O cérebro às vezes escorria pelo nariz, ou pelas orelhas no processo, podendo o método ser usado como tortura, caso o algoz escolha ficar horas parado, apenas fazendo perguntas.

 

a368_Impalement

Empalamento

Drácula, ou Vlad, O Empalador; foi o inventor desse aqui, na Romênia do século XV, de acordo com a tradição. A vítima era colocada sobre uma estava grande e pontuda. O tempo entre o início da punição e a morte, levava em torno de três dias. Alguns carrascos tinham cuidado para que a estaca entrasse no ânus e só saísse acima do queixo da vítima, o que aumentava a dor da vítima. Acredita-se que Vlad fez isso em torno de 20.000 a 300.000 vezes.

 

file.php

Dama de Ferro

Provavelmente o mais famoso e conhecido método de tortura medieval. A vítima era colocada dentro dessa câmara de madeira cheia de pregos e superfícies pontudas, que continha uma abertura para que se pudesse interrogar a vítima, ou enfiar facas. Os pregos de dentro da Dama não atingiam os pontos vitais, com o intuito de atrasar a morte do torturado. Geralmente as regiões furadas eram os olhos, braços, pernas, barriga, peito e nádegas.

 

mesa de esviceracao

Mesa de Evisceração

O torturado era deitado numa superfície com os pés e mãos imobilizados e logo acima dele existia uma manivela com espinhos. Um carrasco fazia uma incisão na altura do estômago e com um gancho preso a uma corrente, e através dele era retirado um pedaço do intestino, que era preso na manivela. Aos poucos a manivela era girada, e o intestino era enrolado nela.

 

[Via Odee]

194 Comentaram...

Nane Ulsan disse...

Eu li um livro sobre instrumentos de tortura...
Não sei pq eu curto tanto saber sobre essas coisas bizarras.
Post muito bem elaborado, falou os principais e provavelmente mais doloridos instrumentos de tortura...

ErickTavarez disse...

Só faltou vídeos :D

Mas aí, apesar de eu já ter visto sobre isso, o post ficou muito bom.

Outra coisa, na Idade Média se não me engano Estupro era crime, mas eles usavam como tortura também? (você não citou, por isso estou perguntando)

Anônimo disse...

Muito interessante, simultaneamente fico impressionado e apovarado pelo que o ser humano é capaz de fazer.

Anônimo disse...

O ser humano é sem duvia a mais daninha e cruel das criaturas.As vezes me envergonho de ser parte desta especie viciosa.

Rafael disse...

É necessário fazer algumas distinções. Cai-se em anacronismo quando se julgam fatos do passado meramente com os óculos de hoje.
Apesar de todo o horror da tortura promovido pelos algozes ligados aos tribunais inquisitoriais da Igreja Católica, eles representaram - pasmem! - para aquela época, uma "humanização" das práticas de inquérito e de encarceramento, que eram ainda piores que as infringidas pela Igreja. Note-se que algumas das práticas de inquérito dos Tribunais do Santo Ofício ajudaram a formular abordagens atuais - e não falo aqui das delegacias sanguinárias.
Ademais, de acordo com os registros históricos presentes em documentos da Igreja e dos poderes temporais da época, as penas capitais eram bem menos praticadas do que se divulga hoje, quando estamos acostumados com a bem disseminada "lenda negra" acerca da Idade Média - na qual, com todas as suas contradições, forjaram-se instituições preciosíssimas como as universidades, hospitais, orfanatos etc., nascidos como resposta da Igreja aos problemas de então.
Como católico e, antes, como homem, não posso deixar de querer a verdade, seja qual ela for. Reconhecer as contribuições e erros do passado - também aqueles ligados às pessoas da minha Igreja - é muito necessário para a construção de um mundo melhor, no qual a vida da pessoa humana e sua liberdade de consciência seja respeitada com todo o vigor.
Graças a Deus, erros históricos como a condenação das idéias de Galileu Galilei pela Igreja foram revistos agora, no Ano Internacional da Astronomia, pelo Vaticano. Embora não apague a mácula do obscurantismo presente nessa condenação, revela que a Igreja não é contra a Ciência, cujo saber é tão necessário ao ser humano quando a Teologia e a Filosofia, cada qual em seu registro, com ampla possibilidade de diálogo.

Anônimo disse...

*quase vomitando*

Leonardo Monteiro disse...

Felipe, na verdade Idade das Trevas foi um nome cunhado pelos Iluministas no século XVIII, com o intuito de afirmar seu movimento através da negação da importância da Idade "Média": um período ilumimnado em contraposição a um período obscuro.

Os historiadores, a partir do século XX, começaram a problematizar essa noção de obscurantismo; muitas pesquisas passaram a dar relevância às pesquisas matemáticas e astronômicas levadas a cabo, inclusive, pelo clero da Igreja. Muitos livros da antiguidade chegaram até nós através dos monges copistas, além disso.

Esse conceito de Idade das Trevas já não é usado no meio acadêmico há algum tempo, mas, infelizmente, isso demora chegar aos livros de Ensino Médio ou aos jornalistas e curiosos que gostam de escrever sobre o passado.
Não, não estou fazendo uma apologia à Igreja, mas temos que evitar o que é mais fácil, ou seja, o juízo de valor, realizando uma pesquisa séria nos documentos deixados.

Um abraço.

Clarice Calderaro disse...

Visitei um museu de tortura em Zurique. É horripilante! e pensar que tudo era praticado em nome de Deus! Pobres ciganos, homossexuais e judeus! Estes, principalemente, por serem proibidos de exercer qualquer ofício, eram obrigados a praticar a agiotagem... E quando os devedores não queriam quitar a dívida, era simples, bastava denunciá-los`a "Santa Inquisição"...era lucro p/ a Igreja, que sequestrava os bens da vítima; era lucro p/ o devedor, que se livrava das dívidas. Que Deus permita que nunca mais o mundo passe por uma nova "Idade das Trevas", como essa em que houve a Inquisição e como a que ocorreu no século passado, devido à insanidade de um líder obcecado com a "pureza da raça ariana

Anônimo disse...

Os humanos são as unicas criaturas crueis.Outras criaturas destroem apenas para sobreviver ou se defender.Só os humanos são crueis sem necessidade.Se as vezes a destruição é necessaria a crueldade nunca o é.

Anônimo disse...

SOU IGUINORANTE NO ASUNTO, MAS TUDO QUE JÁ VI E LI SOBRE ESTES HORRORES QUE A IGREJA CATOLICA PRATICOU FICO COM MUITO NOJO ,ALEM DE SABER QUE OS MESMOS CONDENARÁO INJUSTAMENTE E MATARÃO TANBEN JESUS,SE NÃO ME ENGANO.

Anônimo disse...

Por isto que eu continuo com o mesmo penssamento!
Não sigo nenhuma religião por varios motivos!
A Alienação é uma delas, pessoas antigamente matavam em nome de Deus afirmando que o proprio os mandavam. Todas as religiões se corromperam, o que era para ser uma coisa para ser respeitada é motivo de chacota hoje em dia. Pessoas distorçem a palavra de deus!

Anônimo disse...

UMA VEZ EISNTEIN, UM DOS MAIORES GENIOS DE TODOS PS TEMPOS DISSE:"HA DUAS COISAS ILIMITADAS;O UNIVERSO E A ESTUPIDEZ HUMANA" - ELE ESTAVA CERTO!

Leonardo Monteiro disse...

Ah, sim. A universidade, por exemplo, foi criada no século XII ou XIII. Era, na verdade, algo bem diferente do que é hoje.

Sobre o processo contra Galileu Galilei, leia "Galileu Herético", de Pietro Redondi. O autor vai te dizer porque as teorias atomistas de Galileu tiveram mais importância para sua condenação do que a do Heliocentrismo.

SIGFRID KARLSON disse...

Jamias aceitei qualquer livro religioso como "Palavra de Deus" - todos não passam de manipulação da opinião publica em favor deste ou daquele grupo religioso. Em vez de parasitarem a sociedade os sacerdotes deveriam trabalhar pra ganhar a vida produzindo algo util.Não precisamos de religião.. precisamos de um codigo de conduta e ética que seja cumprido rigorosamente.. mas parece que isso jamais acontecera neste planeta primitivo

Anônimo disse...

Imagina se esses métodos caem nas mãos dos traficantes e marginais do Rio de Janeiro.... Bem , já sabemos que eles já tem práticas bizarras como o microondas..........., mas essas deste post já são demais. Realmente a Idade Média era a Idade das Trevas, um período onde as pessoas não seguiam e nem conheciam Deus e Jesus Cristo. Concordo com quem falou lá em cima: A Humanidade é perversa e tenho vergonha de pertencer a espécie humana, pois ela não evolui para o bem , mas sim para o mal e para a degradação da família e da sua própria espécie, além de destruir o planeta. Agora tá todo mundo preocupado com o planeta......., talvez seja tarde demais. Oremos e nos arrependamos........(ainda há tempo)do que fez e do que faz a nossa triste e cada vez mais isolada raça humana.

Anônimo disse...

O mais incrível e contraditório de tudo isso é que cristo veio ao mundo para pregar o perdão e o amor ao próximo e os homens que se apoderaram da igreja pregaram o terror e o medo em nome de Deus.

Anônimo disse...

Se esses eram considerados "uma "humanização" das práticas de inquérito e de encarceramento", o q era consirado humano na época?

Se não foi trevoso, se não foi como pintaram etc... Isso não apaga a vergonha e o horror.

Esses instrumentos falam por si. E ainda tem gente chamando de "Idade da Luz" (vide comunidade no orkut, cheio de católicos ultraconservadores dando uma de iluminados).

Por favor, poupem-me de verborragias pra defender isso...

silvioafonso disse...

.

Muita pesquisa, grandes estudos.
Estas são a matéria-prima do seu blog.
Simplsmente, adorável, no quesito SABER.

silvioafonso.




.

Tatiana Versieux disse...

Caro amigo,
Você fala como um profundo conhecedor do assunto! Tal propriedade só pode vir de um livre-doscente ou então de um curioso. Como historiadora, sou obrigada a dizer que suas afirmações são feitas com uma certeza que não é própria da ciência histórica.
Não estou defendendo a igreja católica. Como estudiosa de tal assunto sei bem das atrocidades que foram cometidas em nome de Deus, mas, de toda sorte, tal assunto deve ser tratado com cautela, pois a Igreja Católica, a Inquisição e a tortura não foram generalizados na Europa e muito menos unificados como uma coisa só.
Outra coisa, nenhum pesquisador deixa de mencionar suas fontes, seja em um livro ou um post na Internet (A não ser que seja ele mesmo a fonte de todo o saber sobre o tema).
É só um toque... o assunto é interessante, mas cuidado para não cair no fetichismo do tema e na armadilha da moda, que é descer as mais elaboradas críticas à Igreja Católica em nome do passado.

Anônimo disse...

Sinistro!!

Mas acho que isso tudo somente aconteceu pq os reis mandavam na igreja e a manejavam de acordo com seus interesses.

Esses tipos de tortura eram pra mim uma forma de coibir atos que iam de conflito com as vontades desses reis através da atrocidade dessas práticas. Era um meio de coerção social..

Jesse James Marquezoti Selistre disse...

Os métodos perversos da igreja causaram tantos danos quanto o Terceiro Reich mas na visão da mídia são causas diferentes.Acredito que se vivemos num mundo com tamanha energia e espíritos involuntários, cada humano morto cruelmente e injustamente, com certeza está energizando nosso mundo hoje vagando, perambulando, sofrendo angustiado e amaldiçoando terras, pessoas e países.

Anônimo disse...

SINISTRO É A PSEUDO HISTORIADORA Tatiana Versieux,
ESCREVER LIVRE-DOCENTE COM "s". SINISTRO. DEVE SER UM MÉTODO MEDIEVAL DE TORTURA. ESCREVER ERRADO.

UAHAHUAHUAHUAUHAUHA

Anônimo disse...

Uma lição que nós podemos tirar disso tudo é que a Igreja não dominará mais meio mundo como antes pois os tempos são outros e ela já teve sua chance.O que resta para a Igreja agora é se disolver na sua própria fé cega e anacronica,é apenas uma questão de tempo.

Heal disse...

O historiadora Tatiana,não sei se você percebeu, mais ele citou uma fonte u.u

Ka disse...

Isso demonstra como, mais uma vez, o ser humano é impiedoso. Como alguém que se diz "representante" de Deus pode ser capaz de criar as mais horripilantes punições? O que será que eles estavam pensando quando as criaram?

Concordo com o que foi dito acima, as religiões se corropem. O significado religioso que tinha não existe mais. A única coisa que eles pensam hoje é no "dízimo".

Se naquela época eles já criavam pretextos para se apossar dos bens da pessoa, por que hoje seria diferente? Uma vez que vivemos em um mundo corrupto e mentiroso!

A igreja católica, por exemplo, possui uma riqueza incontável, tanto é que o Vaticano é o país mais rico do mundo. Por que, já que eles "falam da fome no mundo", não utilizam essa riqueza para isso, ao invéz de "pedir mais" e ficar "viajando pelo mundo"?!

E outra, até hoje eles escondem muitos livros. O que será que possui de tão "prejudicial" para eles esconderem? Será que é algo que poderia "acabar com a igreja"? Estamos em pleno século XXI, cabe a eles um pouco mais de "atualidade" ou no mínimo, um bom senso. A ciência já descobriu muitas coisas e se não fosse por besteiras que a igreja fez no passado, por exemplo queimando livros com estudos ciêntíficos, poderiamos saber muito mais.

Está aí minha opnião.. ;)

Claudio (aglioeolio) disse...

bizarro... é a perfeita "visão do inferno" rsrs

Se nossos conceitos nao tivessem melhorado pra como é nos dias de hoje (infancia, emprego, lazer, religioes convivendo na medida do possivel), teriam maquinas de torturas com Chips e medidores de batimentos cardiacos pra manter a pessoa viva =S (hueueuueue)

Parabens pelo post, Filipera

Anônimo disse...

O pior de tudo eh que com base nessas atrocidades, ateus e anti-cristaos mundo afora aproveitam das atrociades cometidas por homens para vincula-las a Deus, tentando mostrar ao mundo um Deus perverso, caprichoso e ranzinza!

Anônimo disse...

Bom, muito da minha fala já foi contemplado por Rafael, Leonardo e Tatiana.
As pessoas que escrevem aqui, com as opiniões mais infundadas e estapafúrdias possíveis, deveriam ao menos se dar ao trabalho de ler os outros comentários... aliás, alguém se interessou em saber a veracidade da fonte citada???

Pq se tratando de falar mal de religião, qualquer fonte pode ser mto falsa e maipuada, essa é a realidade: uma jução de chavões e manipulações e pronto, aí está umexcelente livro contra as religiões. Nada de estudo sério e aprofundado.

No caso do Galileu Galilei por exemplo, o mesmo foi condenado pelo catolicismo por suas teorias contra o catolicismo, nada de heliocentrismo ou coisa parecida. Fonte?

* Redondi, Pietro, "Galileu Herético", ed. Companhia das Letras, São Paulo, 1991;
* Gamow, George, "Biografia da Física", Biblioteca de Cultura Científica, Rio de Janeiro, 1963;
* Évora, Fátima R. R., "A Revolução Copernicano-Galileana", Vol 1 (Astronomia e Cosmologia Pré-Galileana) e Vol 2 (A Revolução Galileana), UNICAMP, Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência, Campinas, 1993.

Um conselho: vão estudar. Mas pra valer!

A 15 de fevereiro de 1564 nasce, em Pisa, Galileu Galilei, o mais velho dos sete filhos do músico Vincenzio Galilei e Giulia Ammannati.

Após estudar em Florença e em Pisa, Galileu torna-se, em 1589, professor de matemática, junto à Universidade de Pisa.

Por volta de 1592 escreve o Trattato della sfera ovvero Cosmografia, no qual defende a imobilidade e centralidade da Terra com os mesmos argumentos de Aristóteles e Ptolomeu.

Entretanto, em 1612 Galileu, já convertido às idéias de Copérnico, publica o Discorso sulle cose che stanno in sull’acqua, no qual combate a física aristotélica, tachando-a de puro nominalismo. Galileu chama os textos de Aristóteles de cárcere da razão. Por outro lado ele defende o atomismo de Demócrito.

Anônimo disse...

(continua)

O aristotelismo universitário e a Companhia de Jesus formam um bloco contra a tomada de posição de Galileu. Porém alguns cardeais - entre eles Maffeo Barberini, futuro papa Urbano VIII -, defendem suas idéias (Galileu gozava de certo prestígio junto à parte da cúria).

Em 1616, o cardeal Roberto Bellarmino, admirador do "brilhante matemático" Galileu, comunica a este a condenação da teoria de Copérnico e o aconselha a não mais defender o heliocentrismo. Esta teoria, ao dizer que "a Terra se move e o céu permanece parado", ia diretamente contra a filosofia de Aristóteles (da qual tanto se servia a teologia escolástica).

Ora, o tribunal do Santo Ofício não se ocupava de astronomia, mas de questões de ortodoxia católica. Nenhum concílio havia jamais estipulado o geocentrismo como verdade de fé, porém se se admitisse a possibilidade de interpretar a Escritura com novas razões naturais, podia haver o risco de que esta reforma se estendesse também a outros – mais fundamentais – pontos de fé e de interpretação tradicional.

Nesta época a Igreja enfrentava o início da Reforma protestante. Esta revolta, movida pelo orgulho de Lutero, negou o primado de Pedro e impulsionada pelo "livre exame" das Escrituras acabou por gerar a atual babel de seitas de subúrbio onde cada um tem a sua opinião, não mais guiados pela verdadeira fé.

Galileu, não podendo demonstrar o sistema copernicano publicamente, tinha como única escolha eliminar as possíveis desvirtuações desta teoria. Uma dessas desvirtuações era a órbita elíptica dos cometas, uma hipótese não prevista pelo modelo de Copérnico que poderia abalar sua credibilidade. Galileu então, como uma tentativa de defender o copernicanismo, nega a existência real dos cometas, dizendo que estes não eram corpos celestes, mas sim aparências luminosas (como os arco-íris) originadas a partir de reflexões luminosas sobre evaporações atmosféricas, elevando-se além do cone de sombra terrestre como uma aurora boreal.

Mas em 1619, a Companhia de Jesus publica: "De tribus cometis anni MDCXVIII disputatio astronomica habita in Collegio romano", onde o autor, Padre Orazio Grassi, a partir de observações de um cometa muito brilhante surgido no último inverno, define-o como um corpo celeste situado entre as órbitas da Lua e do Sol.

Galileu, preocupado com a autoridade das teses adotadas pelo Colégio Romano, publica em junho de 1619 o "Discorso delle comete", onde é proposta, sob forma de polêmica, a tese da natureza puramente ótica desse fenômeno, rejeitando às hipóteses do Padre Grassi.

Os jesuítas mostram-se muito ofendidos com a publicação e, em dezembro de 1619, a resposta ao "Discorso delle comete", está pronta. Foi publicada em Perugia pelo Padre Grassi sob o pseudônimo de Lotario Sarsi. Intitulava-se "Libra astronômica ac philosophica". Sarsi assinalava, na Libra, que a teoria dos cometas de Galileu trazia a marca das teorias do "De cometis" (1618) do copernicano e herético Kepler. Agora a polêmica entre Galileu e o Colégio Romano era declarada.

Anônimo disse...

Galileu, apoiado por um grupo de literatos romanos (A Academia dos Lincei de Federico Cesi) publica em 1623 o "Il Saggiatore", o qual foi apresentado a Roma como "o manifesto contra a força esmagadora das instituições que baseavam seu poder na tradição e na autoridade". Assim, os cometas haviam desaparecido do horizonte da discussão dando lugar a uma proposição filosófica muito mais profunda: o atomismo substancialista.

No Saggiatore, Galileu afirmava que as qualidades sensíveis de um corpo material existiriam somente na sensação e não na própria substância material, então o sabor, o odor, a cor seriam apenas nomes em relação à substância na qual pareceriam residir. Esta nova gramática da física, distinguindo entre os puros nomes e os conceitos objetivamente inteligíveis por todos, evocava a gramática lógica do herege Guilherme de Occam o qual afirmava que a espécie, o gênero e o acidente não correspondiam a alguma coisa real e que entidades metafísicas como a brancura, por exemplo, não tinham realidade empírica, mas eram fruto de uma suposição "pessoal".

Ora, na consagração eucarística a substância do pão e do vinho é totalmente transubstanciada na do corpo e do sangue de Cristo sendo que as experiências externas – cor, sabor, calor – são também conservadas pela intervenção divina. Para Galileu, estas são simples nomes, independentes da substância material e, portanto, não haveria milagre para conservá-los.

Esta era a versão da denúncia que o Padre Grassi enviou ao Santo Ofício. Objetava ele que a incompatibilidade da filosofia do Saggiatore com a eucaristia era muito mais importante do que a questão "se a Terra se move". O dogma eucarístico era o fundamento da fé católica. Podia-se ser católico e copernicano, mas não se podia ser católico sem respeitar o dogma tridentino da eucaristia.

A resposta oficial de Sarsi ao Saggiatore saiu no final de 1626, a "Ratio ponderum librae et simbellae". Neste livro, o Padre Grassi respondia um a um os argumentos do Saggiatore. No Examen 48 da Ratio, o Saggiatore é denunciado por heresia eucarística.

Em 12 de abril de 1633 iniciava-se o processo contra Galileu.

Galileu, possuindo muitos privilégios junto à cúria, em vez de ocupar uma cela, residia no apartamento do procurador fiscal, uma espécie de hospedaria do palácio do Santo Ofício, providência de excepcional deferência para um acusado de exceção.

Durante o processo, o comportamento do papa foi aparentemente desconcertante: em vez de ter deixado o inquérito seguir seu curso normal junto ao Santo Ofício, chamou para si a instrução, ocultou as denúncias e nada deixou transparecer além da suspeita para justificar o processo, pois queria livra-lo de uma condenação grave.

Por fim, após várias manobras em um processo-farsa, Galileu era condenado à penitência e a prisão perpétua, mas por ordem do papa, em vez de ser encarcerado nas celas do palácio do Santo Ofício, pode imediatamente instalar-se na residência do embaixador e em seguida cumprir a pena sob a forma de prisão domiciliar em sua casa de Arcetri, "a jóia".

Carla

Gomes disse...

apesar disso, os protestantes mataram muito mais do que o Tribunal da Inquisição!consigo provar,ok??pensem duas vezes antes de publicar esses posts.....

Anônimo disse...

caralho, muita vontade de vomitar,
terrível demais

Anônimo disse...

Porquê a Igreja Católica é considerada a verdadeira?

Anônimo disse...

Onde será que ficavam os direitos humanos nesse processo!!

Julgamento justo então, nem se fala!

Realmente um absurdo!!

Anônimo disse...

O mais ridículo são os católicos de hoje que tentam justificar estes atos e tapar o sol com a peneira. Não dá prá ver que a Igreja Católica simplesmente não fazia (e não faz)a vontade de Deus?

Anônimo disse...

Ao Gomes

Você deveria pensar tb no que escreve.
Não está se falando em números aqui.
O que você vai dizer? Que os protestantes mataram em combates?
Estamos falando da LOUCURA INSANA DA IGREJA CATÓLICA E SEUS MÉTODOS ESTUDADOS, PREMEDITADOS E CRUELMENTE UTILIZADOS.

T. Mileto! disse...

- Já havia lido sobre diversos instrumentos de tortura utilizados há alguns anos, não só pela Igreja Católica, e sempre considero um assunto bastante interessante pra quem tem um certo dessernimento.
Terríveis eram os métodos praticados pela Igreja em nome de Deus, vai contra os príncipios propostos por Jesus em Sua palavra.
A Religião é falha e o próprio Jesus propõe que não sejamos religiosos, sejamos homens de fé.
Infelizmente tudo que tem como líder o homem, corrompe-se. Post interessante, embora eu creio que talvez possua alguns erros. Até a proxima.

Jot. Lenno disse...

É verdade que ele citou a fonte, mas não me parece nada confiável.
Entretanto, as torturas aconteceram de verdade, e em nome de Deus, o que, por si só, já devia ser considerada uma heresia.
A igreja foi contra qualquer ideal cristão.

Anônimo disse...

Direitos humanos? Humanidade? Não sejam anacrônicos! Não julguem uma época do passado com base em seus próprios pontos de vista. Muito das maiores atrocidades da humanidade (inclusive as da Idade Média, que nem eram tão grandes assim)ocorreram porque se julgava a visão do outro com base na própria.

Por falar em tortura, ela sempre existiu. Das muralhas de Níneve coberta com a pele dos inimigos, do Império Romana torturando cristão, dos cristãos (e não só católicos) torturando "bruxos", de Hitler torturando e exterminando judeus/ciganos/homossexuais/etc., de Stalin tortutando e matando mais gente do que os nazistas, das Ditaduras Militares sul-americanas torturando comunistas e, agora, pelo jeito, de pessoas mal-informadas torturando a liberdade de conhecimento e saber. Daqui a pouco vão estar fazendo a mesma coisa que criticam com os católicos, ou evangélicos, ou mesmo historiadores sérios.

Anônimo disse...

REALMENTE É DESUMANO ESSAS PRÁTICAS, MAS, MAIS DESUMANOS AINDA É QUERER DIZER QUE ISSO TUDO FOSTE EM NOME DA RELIGIÃO "CATÓLICA", SENDO QUE, A VIDA SOCIAL ERA CONCEBIDO DENTRO DE UM MESMO BLOCO MONOLÍTICO, OU SEJA, SOCIEDADE E RELIGIÃO SENDO UMA MESMA COISA, QUE PARA HOJE É MUITO DIFERENTE E TENDENCIOSO NEGAR O LADO ESPIRITUAL RELIGIOSO COMO UMA DAS DIMENSÕES DA PESSOA HUMANA!!!

Anônimo disse...

Humanos? Nós? Realmente a "humanidade" é a legítima e comprovada experiência que não deu certo. Deveria ser extinta!

Anônimo disse...

Para os de fé cega, eis sua "Santíssima" Igreja Católica!

Anônimo disse...

Cabe destacar que apartir de copernico os reis não mandavam na igreja católica, mas eram governados pela igreja onde os bispos por exemplo tinham guarda pessoal maiores que muitos exércitos. A igreja católica prioriza o poder politico (camuflado) alem da grana claro, e faz isso sutilmente atraves da confissão dos pecados por exemplo é uma maneira de exercer o controle de uma possivel convulsão social. Só para ilustrar melhor, porque os cardeais e bispos são vistos sempre ao lado de governantes e os padres sempre ao lado de movimentos sociais. Quem voce acha que mais influencia nas desordens humanas, os governastes e o povo desasistido ou o clero na surdina. Deus, Jesus Cristo, Espirito Santo vamos perdõar as religiões. Com certeza elas precisam mais do perdão divino do que nós vítimas dessa ganância.

Lucas disse...

Nada muito diferente dos assasinos de hoje em dia a morte pode ser mais dolorosa mas acaba chegando, deviam fazer isso com esses estupradores ou assasinos de hoje em dia seria uma boa o/

Daiane [VivoVerde] disse...

#medo ...

tão bão ter nascido nesta época agora agggaga

=]

danielle silveira disse...

ao ver estes instrumentos fico a me perguntar como pode o ser humano fazer tanta crueldade?! somos como um cancer ao planeta, só a raça humana destroi e desequilibra o universo. o quao triste me sinto ao saber destes metodos de tortura. independente de ter sido pela religiao, se tem fonte ou nao de onde isso foi tirado, o fato é que isso existiu.

Anônimo disse...

ai meu cu D:

Anônimo disse...

Acho que como eu, qualquer pessoa mentalmente sóbria se impressiona ao ver tais imagens, que na maior parte da "história", ficaram encobertas na generalização da fogueira. Fogueira era pouco nesses tempos...
E ainda acho que a origem de todo o mal, desde os primórdios dos tempos sempre fora a ganância e a ostentação. Imaginem se precisava de tamanha tortura para "disciplinar" e amedrontar um povo totalmente limitado culturalmente? Era puro sadismo e maldade! Aliás, era não, ainda é... Refletindo mais profundamente, penso além...
Acho que a maldade dos homens só se altera na carapuça, de acordo com a época; E sempre é a ganância que vem travestida de uma razão nobre.
Não acho válido atacar uma única classe - a igreja, a crença de uma massa, julgando e atribuindo todo o mal.
MALDADE é maldade e pronto!Naquela época era o clero e a nobreza, e hoje quantos civis de colarinhos brancos continuam tocando o terror em nome de uma causa justa??? Milhares... Acho que o que mudou foi o requinte da tecnologia, transformando as máquinas de matar.
Deve ter sido do inferno que vieram que certos homens aprenderam que é com o mal que se consegue algum bem... porque a lei da atração é simples, mal = mal, bem = bem, essa teoria de que faziam isso por alguma causa justa, é onde reside o mal da humanidade - a hipocrisia absoluta! Séculos se passaram e o homem continua no mesmo estágio evolutivo, de ser mal!
Isso porque na ditadura militar há apenas alguns anos atrás na ditadura brasileira não era muito diferente não, fora utilizado o mesmo grau de terror, só que incrementado com a tecnologia da eletricidade...
Nós que vivemos no ocidente ainda que estamos "resguardados" numa sociedade hipócrita de segurança, mas é só darmos uma olhadinha e analisarmos o que os chineses fazem com os animais, que veremos que a inquisição continua, ainda nos tempos atuais, que a devassa só mudou de nome e de inquisidor... E tudo em nome do vosso deus, o deus do dinheiro!

Davi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila disse...

Acho que como eu, qualquer pessoa mentalmente sóbria se impressiona ao ver tais imagens, que na maior parte da "história", ficaram encobertas na generalização da fogueira. Fogueira era pouco nesses tempos...
E ainda acho que a origem de todo o mal, desde os primórdios dos tempos sempre fora a ganância e a ostentação. Imaginem se precisava de tamanha tortura para "disciplinar" e amedrontar um povo totalmente limitado culturalmente? Era puro sadismo e maldade! Aliás, era não, ainda é... Refletindo mais profundamente, penso além...
Acho que a maldade dos homens só se altera na carapuça, de acordo com a época; E sempre é a ganância que vem travestida de uma razão nobre.
Não acho válido atacar uma única classe - a igreja, a crença de uma massa, julgando e atribuindo todo o mal.
MALDADE é maldade e pronto!Naquela época era o clero e a nobreza, e hoje quantos civis de colarinhos brancos continuam tocando o terror em nome de uma causa justa??? Milhares... Acho que o que mudou foi o requinte da tecnologia, transformando as máquinas de matar.
Deve ter sido do inferno que vieram que certos homens aprenderam que é com o mal que se consegue algum bem... porque a lei da atração é simples, mal = mal, bem = bem, essa teoria de que faziam isso por alguma causa justa, é onde reside o mal da humanidade - a hipocrisia absoluta! Séculos se passaram e o homem continua no mesmo estágio evolutivo, de ser mal!
Isso porque na ditadura militar há apenas alguns anos atrás na ditadura brasileira não era muito diferente não, fora utilizado o mesmo grau de terror, só que incrementado com a tecnologia da eletricidade...
Nós que vivemos no ocidente ainda que estamos "resguardados" numa sociedade hipócrita de segurança, mas é só darmos uma olhadinha e analisarmos o que os chineses fazem com os animais, que veremos que a inquisição continua, ainda nos tempos atuais, que a devassa só mudou de nome e de inquisidor... E tudo em nome do vosso deus, o deus do dinheiro!

Davi disse...

"As pessoas que escrevem aqui, com as opiniões mais infundadas e estapafúrdias possíveis"

sim sim ... a "idade da luz" da igreja ... com seus monges copistas, suas universidades, seus hospitais ...

A "Idade das Trevas" (nome mais do que justo) foi sim a PORRA de um retrocesso !!!

Livros foram queimados, assim como pessoas ( não venham com essa de que não era algo generalizado, a impressão que dá é que esse pessoal que argumenta a favor da igreja esta dizendo : não morreram tantas pessoas assim ...

CRIME É CRIME e a igreja é sim uma instituição criminosa e um instrumento de manipulação em massa ... que GRAÇAS A DEUS vem perdendo a força
(não atrelem religião a igreja)

Enfim, excelente post
Parebens

Anônimo disse...

Hoje a tortura e feita pela TV(vai assistir um programa de crente!), por tanto, não mudou muito de uns tempos para cá!!!!

Ra_cherry disse...

Excelente post! Nem imaginava que esses instrumentos existiam... Quanta criatividade (mórbida). Parabéns!

Anônimo disse...

E ainda tem gente com coragem de usar um adesivo no carro e outros: Tenho orgulho de ser católico...rs.

Anônimo disse...

mas os feiticeiros continuam usandos cadaveres e ftos são gerados em troca de fama e dinheiro pena que ainda ha gente que não acredita no diabo.
housam o CD do ex bruxo tio chico leia o livra "ele vei para libertar os cativos de Reberca Braw ou "a divina revelação do Inferno"
`Só veio a confirmar algo que eu tinha dúvidas.
os sinais estão aí e só perceber e ter uma visão esperitual. pessoas que desaparecem muitas podem ter sido sequestrada para serem sacrificada.
lamento que muitas pessoas não acreditam.
Mas Jesus está voltando.

Anônimo disse...

Ser católico não tem nada haver com esse horror. como é dito no inicio da página: instrumentos usados em nome da religião. Não quer dizer que o catolicismo pregue este tipo de coisa, que dizer que pessoas usaram o nome da igreja para pregar o horror. não é de se espantar, porque naquele tempo a igreja tinha muita influencia e era uma boa desculpa para fazer horrores e não ser julgado por isso.

Thiago Fernando disse...

Por isso que eu sou Ateu :D
Religião é coisa do Demo srsrsrsrsrs

Anônimo disse...

A Igreja Católica criou as Universidades, e vários cientistas foram sacerdotes. É uma lenda que a Igreja Católica é responsável pela idade das trevas. É claro que esses instrumentos de torturas não são justificáveis sob nenhum ponto-de-vista.

Eduardo Marques disse...

Detalhe: o Index não foi abolido. Veja só:

http://en.wikipedia.org/wiki/Index_Librorum_Prohibitorum#Abolition_controversy

Aí diz que há controvérsia entre o texto que fala da abolição em latim e o das outras línguas. Como o latim é a língua oficial do vaticano, ele continua aí.

Anônimo disse...

Estou Pasma...
Nao da pra acreditar em coisas assim!
Realmente a maioria dessas torturas eu nao conhecia!

Parabénes pelo post,bem interessante!

Anônimo disse...

A mais assassina das religiões hoje vive prgando que é favor da vida.

Anônimo disse...

Que pena que a maioria dos católicos nÃo conhecem Historia Medieval:se conhecessem os horrores da Inquiisição certamente deixariam de ser católicos.Sto. Inácio de Loyol,venerado nos altares da igreja foi o fundador da Inquisição.

Anônimo disse...

Que vergonha! Dois mil anos de atrocidadesem nome de Cristo...

Anônimo disse...

Absurdo dizer que a Igreja Católica é responsável por isso sózinha.
Com certeza alguem de outra religião
que escreveu isso para atacar o cristianismo.

Anônimo disse...

nú!

Joelma Alves disse...

É engraçado as ver as pessoas debatendo sobre o tema Religião!Mts qrem absolver a Igreja por seus crimes,só pq depois eles pediram perdão!E se fosse o pai,a mãe,o marido de vcs(supondo que vcs estivessem vivendo nessa época)vcs aceitariam esse perdão??Eu não aceitaria.NUNCA!
E o pior,até hoje eles não aprenderam com seus erros,continuam se metendo na vida das pessoas de td mundo,não deixando que pesquisas sejam feitas,que doenças sejam previnidas.

Anônimo disse...

"depois arranca-lo vagarosa ou lentamente"

tem alguma diferença entre vagarosamente e lentamente?

Max, O Observador disse...

Para ninguém que não sentia mais a minha falta...
uns detalhes a serem declarados:
na própria IGREJA da época havia gente contra esta política, e até mesmo este livro citado:
do martelo para a fogueira, ele não era bem aceito entre parte do alto clero, mas isso era mais uma questão de política que de fé, e mais um detalhe: nem todos os bispos, e nem mesmo o papa eram padres(sim, vc não precisa ser padre para ser papa na regra, mas na prática...)
a lista com os "livros proibidos" continua, e se eu não me engano, Harry Potter está lá...
O filme Hellraiser foi mais baseado no universo BDSM do que realmente na Inquisição, apesar do fato de eu achar que alguns deveriam ser bem sádicos, mas eu não vou entrar nesse mérito no momento.
E, na boa, esses NÃO são os piores, já vi cada um piores do que esse e são usados até hj (em sessões BDSM,por bandidos sádicos, torturas de grupos paramilitares, etc. tb...)

ps: só citei o universo BDSM pq se encontra alguns destes equipamentos, (ligeiramente modificados em relação ao original, obviamente)à venda em sites de produtos para este nicho de mercado. Claro que existem pessoas que fazem o q não presta neste meio, como todos os outros...
:-)

Anônimo disse...

Eu concordo com quem disse que a Igreja catolica nao vai mais fazer isto. Mas agora e' a vez dos Evangelicos das terras de cima, e sua mania de terrorismo e terrorista e bla, bla bla.

gostei do post.

Anônimo disse...

vi isso ano passado na escola, o professor realmente não abordou literalmente a idade média com toda sua deturpação, mas sempre havia durante a aula uma discução sobre o assunto, eu desde pequena (6/7 anos) me interesso por essa época, principalmente pela inquisição, até mesmo cheguei a ler algumas das versões mais antigas e bizarras dos hoje conhecidos como "contos de fadas", fiquei indignada pelo professor não ter entrado a fundo nesta parte da história, durante a aula o professor sempre discutia com os alunos sobre isso, eu, sempre queridinha dos professores de história pelas minhas notas, trabalhos e etc, comecei a entrar mais a fundo nessa questão, lembro q enquanto eu discutia com o professor sobre alguns dos metodos de tortura uma das minhas amigas pediu pra sair da sala pq estava passando mal, na prova, tinha uma questão sobre a inquisição, usei as 10 linhas q o professor havia deixado + o verso das 4 folhas de prova, falando sobre o assunto.
no meu trabalho, ampliei várias imagens de pessoas sob tortura e coloquei na losa e espliquei cada um dos instrumentos a forma q eram usados e assim por diante, vários tiveram q sair da sala.
foi hilário.

Metal Mind disse...

Dê o poder de matar, ferir e mutilar a um ser humano, defendendo o nome do 'deus' de sua crença, estando ele a frente de um grupo que legitime seus atos como fruto de inspiração divina, e veja cair a máscara da nossa dita civilidade.O instinto animal agindo acima da moral.
A igreja católica foi erigida sobre a pedra dos interesses expansionistas romanos,e o fato de criar instituições tais como a Universidade não é suficiente para subtrair a culpa por seus atos de 'doutrinação' e 'evangelização', sejam os da inquisição ou os da conquista das Américas.
Em sua origem, na primitiva religião semita, já era costume a execução dos inimigos, demonizados e identificados como inimigos de 'deus' pela simples diferença de crença religiosa.
Como a história é contada pelos que conquistam, não pelos conquistados, a idéia da Idade das Trevas, como uma era negra para a espécie humana, não condiz com os avanços científicos e filosóficos ocorridos fora do continente europeu na Idade Média, visto erroneamente até hoje como o centro do mundo à época da inquisição.
A imposição da crença, a venda do perdão, a ilusão de promessas vazias, a falsa caridade.
A esses custos a igreja ajudou a desenvolver nossa sociedade.
Na segunda vinda do Cristo pregada pela igreja(que nunca foi sobrenome de Jesus), haveria muito mais costas a serem auto-flageladas em arrependimento, se a fé cega do passado não fosse substituída por nossa atual liberdade de crença.
A fé cega gera intolerância, que é o oposto de 'não julgar para não ser julgado'.

Anônimo disse...

È uma grande mentira ou falta de conhecimento histórico sem credibilidade, afirmar que a igreja tem alguma coisa haver com a inquisição, esse fato histórico aconteceu pela mãos do estado e não pela igreja, vamos estudar esse assunto, leiam o livro do prof. Felipe Aquino "Uma história que não é contada" e também o livro "Inquisição" vamos descobrir a verdade historica da idade média pelos históriadores e dos grandes professores das maiores universidades do mundo. "Ninguém ama aquilo que não conhece" Vamos conhcer a igreja de 20 séculos.

Anônimo disse...

não há o que se discutir..se foi feito com frequência ou não nao interessa..Foi feito e tah ai pra todo mundo...uma mancha negra entre muitas presentes na Igreja Católica...Igreja manipuladora e que sempre girou em torno do clero..(Uma espécie de força centrípeta hauahuahu Física mode on)...

A Igreja Católica demonstrou ao longo de toda a sua existência que está mais preocupada em seguir seus interesses do que o cristianismo pregado pelos mesmos... A bíblia diz para não idolatrarmos imagem,mas o que mais existe em Igreja é aquelas imagens.

Eu só tenho dó daqueles que morreram nas mãos dessa pervesa instituição.

Kill the PAPA and be happy =D

Anônimo disse...

ah eu sei que PAPA em inglês não é papa...antes que um idiota critique...escrevi assim pq é mais legal =D

Panthro Samah disse...

Ai, Jesus... A Igreja nunca instituiu o Santo Ofício (e nunca deve ter ido a Loudun, suponho), Lutero se rebelou contra a Igreja por orgulho (e por isso ela continua cobrando indulgências até hoje) e questionamentos sobre anacronismo do catolicismo (mas peralá, a idéia de fazer aos outros o que se quer seja feito a você mesmo e não julgar para não serem julgados são modernas??).

Qual vai ser a próxima? O Massacre de São Bartolomeu foi um sonho? As Cruzadas nunca existiram? Nunca se usou passagens bíblicas para defender a escravidão com a anuência da Igreja que esperava salvar a alma dos selvagens?

A impressão que me dá é que a Igreja Católica sempre foi uma mãe amorosa que protege os homens de todo o mal. Desde que não sejam gays. Ou judeus. Ou pagãos. Ou hereges. Ou muçulmanos. Ou protestantes. Ou ateus.

E gostaria de saber qual a próxima piada que os revisionistas católicos vão contar. A Igreja combateu ativamente o Eixo (tipo ela faz com os gays hoje)?

Basta esperar pra ver a próxima lorota. Deixam os neonazistas no chinelo!

Panthro Samah disse...

E, realmente, orfanatos e universidades foram instituições criadas pela Igreja e devem ser reconhecidos como contribuições importantíssimas. A própria idéia da caridade universal é algo próprio do cristianismo e deve ter seu mérito lembrado.

Entretanto, ser cínico e hipócrita se recusando a reconhecer as falhas da Igreja (atuais e passadas) não é de forma alguma ser cristão. É só ser burro mesmo. Não confunda uma coisa com a outra. Embora existam cristãos estúpidos, existem aqueles que sabem separar o joio do trigo. It's not a matter of you versus me.

Panthro Samah disse...

E, ao imbecil que falou do "orgulho de Lutero" e não conseguiu esconder seu preconceito estúpido contra as "seitas de periferia" - odeio bastardos elitistas - quero que me diga em que ponto discorda das 95 teses: http://www.espacoacademico.com.br/034/34tc_lutero.htm

E depois me manda estudar. A criatura não tem idéia da merda que está cuspindo e me manda estudar. Há que se ter paciência com um ser destes.

Anônimo disse...

Não entendo porque o povo fica tão revoltado! A tortura foi terrível, mas concordo com alguns que li, de que houve tortura em várias épocas, não só na Idade Média, que foi Idade das Trevas devido ao pouco acesso à cultura. Vale ressaltar que nenhum católico atual é cego, porque se o fosse não entenderia que a Inquisição foi a PIOR COISA que a Igreja fez! Não importa a mando de quem. É bom pensar que a história serve para isto, aprendermos com os erros do passado e não o cometermos. Há assuntos que deveriam ser resolvidos para tornar a igreja católica mais "atual", há sim, porém a liberdade de crença é ótima, por isso existem maneiras de se resolver: mudar de religião, aceitar o que há de melhor na igreja ou simplesmente fazer o correto, não matar! Preservar a vida já é um bom começo para não cairmos nas Trevas novamente. Não importa em nome de quem, até porque Jesus pregou um Deus amoroso, não um ser malvado!

M7 disse...

Porque da revolta? Você já foi submetido a algum tipo de violência? É muito simples menosprezar o sofrimento, quando não o conhece de verdade. Só quem conhece o sofrimento de verdade, sabe o que ele significa. Tudo o mais que se diga, vindo de pessoas que nunca o viveram, é só conversinha.
Há uma diferença entre religião e instituição religiosa.
Religião é a manifestação, real ou não, de um indivíduo de se conectar com uma experiência não física, com um universo não material, entendido como superior a existência física.
Instituição religiosa é uma estrutura de poder que sistematiza esse tipo de vivência/ experiência em um conjunto de regras, com o objetivo de controlar a vida da comunidade. Quid pro quo, oferece um sistema de regras através das quais um indivíduo da comunidade está "magicamente" sob as benesses ou proteção da entidade mágica que comanda esse sistema religioso, ou condenado ou "ex- comunicatio" - sem comunicação com a mesma entidade, por não aceitar as regras do sistema.
A Igreja Católica é isso. Assim como todas outras Igrejas, e Instituições religiosas. Instituições de poder, que almejam poder, e controle sobre a vida dos indivíduos e comunidades.
Não importa como a Igreja Católica se comporta neste momento, porque para ela, uma instituição milenar, este é apenas um momento.
Ela é uma quimera, com muitas cabeças, e muitas vozes, mas com um só corpo, e um só objetivo. Poder e controle.
Porque as práticas de tortura da Igreja se confundem com as práticas de estado? Porque na Idade Média, Igreja era estado. A Igreja era o poder.
Quer conhecer um indivíduo ou instituição? De-lhe poder. Neste sentido, já sabemos o que esperar da Igreja, ou de todas as Instituições religiosas.
Controle, e no caso dos rebeldes, violência, obviamente, em nome de Deus.
Não confiem suas vidas a essas instituições. Nenhuma delas.

Monk disse...

Legal essa religião que tortura o próximo defendendo ama-lo...

Mauro Tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ulisses Adirt disse...

Adorei a postagem. Ficou interessantíssima para quem gosta do assunto. Só um pequeno porém: grande parte do que foi citado aconteceu na Idade Moderna, não na Idade Média, não é?

Anônimo disse...

Meus amigos, vocês acham que só a igreja católica fez torturas, lembrem que a maioria dos americanos são protestantes e viviam torturando as mulheres de bruxaria, elas nem podiam sentir prazer que era acusadas de estarem com o demonio no corpo.

não estou defendendo igreja x ou y e sim indo de encontro da burrice humana que não aprendem com o passado a cuntinum na mesma tortura, só que hoje é pscologica... aonde você nunca terá felicidade plena pois sempre falta alguma coisa(dinheiro, saúde, negócio e etc) sempre inventam algo para que os "devotos" sejam aprisionados mentalmente, pois para mim está uma das piores turturas que possa exixtir!!!!!

Orc Bruto disse...

Ficou bem mal escrito, e as explicações sobre a Inquisição estão extremamente superficiais.

Sobre Vlad Tapes Drácula, eu escrevi uma dissertação de mestrado sobre ele. Ela pode ser pega de graça no link http://orcbruto.multiply.com/video/item/4/4

May Cry disse...

Percebe-se claramente a mediocridade de um comentário, quando, na ansia de negar ou justificar um absurdo, o argumentador tenta reduzir o absurdo em tamanho ou proporção, tenta justificá-lo pelo seu deslocamento no tempo, ou tenta sobrepor a ele um outro absurdo cometido por outro grupo humano. Faz alguma diferença se a Igreja usou esses aparelhos uma, duas ou cem mil vezes?
Ela o fez de forma instituída e oficial, e não por vontade de um de seus muitos braços. Isso foi tão sistemático como o nazismo.
Os crimes e absurdos, cometidos por uma Igreja que deveria defender a própria idéia de compaixão são menores porque foram cometidos em outra época?
Os crimes e absurdos de outros grupos religiosos não diminuem ou justificam os crimes da inquisição.
Esse tipo de defesa irracional de uma instituição mostram tão somente a irracionalidade e estupidez comportamental dos seguidores de rebanhos.
Sim, tudo isso foi absurdo. E mais absurdos eu também vi aqui, e bastante, nos comentários.

Anônimo disse...

Ficou bem mal escrito, e as explicações sobre a Inquisição estão extremamente superficiais.[2]

grande parte do que foi citado aconteceu na Idade Moderna, não na Idade Média[2]

Ai ai ai... sempre os mesmos clichezinhos saídos das aulas de história do ensino médio, os revoltadinhos sem causa... tá na hora de crescer, não?
Crescer e estudar história a fundo e de forma séria, não essa coisa leviana que ainda ousa chegar nos blogs e se dizer "muito por dentro do assunto"

Vamos agora às respostas sensatas:

A Igreja nunca instituiu o Santo Ofício
INSTITUIU SIM E FOI UM GRANDE BEM, A IGREJA INQUIRIA (PERGUNTAVA) E APENAS AOS CATÓLICOS E NÃO AOS QUE SE DIZIAM DE OUTRAS RELIGIÕES. aS PENAS ERAM APLICADAS PELO ESTADO E NÃO PELA IGREJA. E AOS DELICADINHOS, 'DIREITOS HUMANOS' E BLABLABLA, SAIBAM QUE A SEVERIDADE ERA NORMAL NA ÉPOCA. DIGO MAIS, ELA FAZ MUITA FALTA!

(e por isso ela continua cobrando indulgências até hoje)
AQUI CABE A FRASE DO CHAVES: "QUE BURRO, DÁ ZERO P/ ELE!"
PROVE ONDE HÁ VENDA DE INDULGÊNCIAS, Ô ANIMAL! AS CONDIÇÕ~ES ORDINÁRIAS DA INDULGÊNCIA SÃO CONFISSÃO, COMUNHÃO E ORAÇÃO PELAS ITENÇÕES DO PAPA. nÃO SE PAGA POR NENHUMA DESTAS CONDIÇÕES, Ô JUMENTO!

Anônimo disse...

(mas peralá, a idéia de não julgar para não serem julgados são modernas??).

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO PODE JULGAR E A IGREJA, SENDO UM SÓ CORPO COM ELE, RECEBE DELE ESTE PODER... LEMBRA? "O QUE LIGARES NA TERRA SERÁ LIGADO NO CÉU, O QUE DESLIGARES SERÁ DESLIGADO" SIMPLES ASSIM!

As Cruzadas nunca existiram?
GRAÇAS A DEUS EXISTIRAM, PORQUE SE NÃO TIVESSEM EXISTIDO SÓ QUEM PODERIA PISAR NAQUELA TERRA SERIAM OS MULÇUMANOS... OS JUDEUS E CATÓLICOS QUE GOSTAM TANTO DA TERRA SANTA DEVERIAM AGRADECER AS CRUZADAS!

Nunca se usou passagens bíblicas para defender a escravidão com a anuência da Igreja que esperava salvar a alma dos selvagens?

A IGREJA JAMAIS DEFENDEU A ESCRAVIDÃO, EXISTEM ATÉ ENCÍCLICAS QUE A CONDENAM! ALIÁS A ESCRAVIDÃO É UM COSTUME DOS POVOS BÁRBAROS E PAGÃOS... SÃO PAULO ESCREVEU NA BIBLIA ATESTANDO ISSO! ELE DIZIA QUE OS ESCRAVOS DEVEM SER OBEDIENTES, MAS JAMAIS DEFEDEU QUE OS CRISTÃOS DEVERIAM ESRCAVIZAR!

A impressão que me dá é que a Igreja Católica sempre foi uma mãe amorosa que protege os homens de todo o mal.
UMA MÃE AMOROSA QUE PROTEGE SEUS FILHOS CONTRA OS QUE QUEREM MATÁ-LOS (judeus, pagãos, hereges, muçulmanos, protestantes, ateus), É CLARO, COMO TODA BOA MÃE DEVE FAZER E TAMBÉM ACEITA OS FILHOS ARRENPENDIDOS.

E VIVA A IDADE MÉDIA, IDADE DA LUZ!
"Tenho orgulho de ser católica"

Anônimo disse...

todo esse papo furado contra a Igraja Católica é invenção dos conspiradores iluminatti,dos iluministas gays e dos judeus que querem dominar o mundo.

esse blog é pago por eles e pela revista veja.

esses caras que escrevem aki são agentes da Nova Ordem Mundial sem saberem, SÃO ESCRAVOS,são fruto de experiencias de controle mental

leiam kerry thornley, ele sabia a verdade.

os judeus fazem coisa pior hj em dia na Faixa de Gaza

May Cry disse...

Toda estupidez que leio aqui nesses comentários de defensores não só da Igreja Católica,mas da própria idéia de que casos como os das torturas medievais são justificáveis, me enchem o coração de um langor monótono.
E me fazem pensar que essa coisa que chamamos de humanidade não tem jeito mesmo. Melhor que acabe, seca e esturricada na sua própria estupidez e ignorância.
Que o aquecimento global nos leve a todos. Uma pena que não poderei rir, do outro lado, da estupidez desse monte de papa-hóstias.
Simplesmente porque não há outro lado.
O que torna os maus-tratos infligidos a outros seres humanos mais inaceitáveis.
Tudo que é verdadeiro, que pertence ao mundo real, nos une, nos torna iguais. Só as coisas imaginárias, como Deuses e religiões, nos separam, nos matam e nos dilaceram.
Me impressiona mais ainda a subserviência de uma mulher, defendendo tudo isso.
Mulheres foram as principais vítimas da submissão por violência, perpetrada por todas as religiões. E ainda o são. Não são livres hoje, no ocidente, por docilidade das Igrejas cristãs, mas pelas barricadas e pelo esforço continuo de milhares de mulheres que lutaram por direitos iguais dentro de estados laicos. No âmbito das religiões - TODAS - continuam a não ter direitos iguais aos homens.
VIVA O ESTADO LAICO.
E QUE O ULTIMO PADRE MORRA ENFORCADO NA TRIPA DO ULTIMO PASTOR EVANGELICO.

Anônimo disse...

Anonima diz,
"INSTITUIU SIM E FOI UM GRANDE BEM, A IGREJA INQUIRIA (PERGUNTAVA) E APENAS AOS CATÓLICOS E NÃO AOS QUE SE DIZIAM DE OUTRAS RELIGIÕES. aS PENAS ERAM APLICADAS PELO ESTADO E NÃO PELA IGREJA. E AOS DELICADINHOS, 'DIREITOS HUMANOS' E BLABLABLA, SAIBAM QUE A SEVERIDADE ERA NORMAL NA ÉPOCA. DIGO MAIS, ELA FAZ MUITA FALTA!"

Singela asinina católica,

Me causa espécie que diga que os cristãos eram o foco da Santa Inquisição. A especialidade da mesma, era predominantemente Judeus e "Cristãos novos", ou seja, judeus convertidos na marra.
Leia um pouco mais sobre a Inquisição, principalmente na Espanha.
Antes da falar esse tipo de asneira.

Anônimo disse...

Anonima diz,
"A IGREJA JAMAIS DEFENDEU A ESCRAVIDÃO, EXISTEM ATÉ ENCÍCLICAS QUE A CONDENAM! ALIÁS A ESCRAVIDÃO É UM COSTUME DOS POVOS BÁRBAROS E PAGÃOS... SÃO PAULO ESCREVEU NA BIBLIA ATESTANDO ISSO! ELE DIZIA QUE OS ESCRAVOS DEVEM SER OBEDIENTES, MAS JAMAIS DEFEDEU QUE OS CRISTÃOS DEVERIAM ESRCAVIZAR!"

Singela papa-hóstias,
A escravidão é sim anterior a existência do Cristianismo. O que não isenta a Igreja, que sempre foi estado, de responsabilidade por permissividade. quando se escolhe não agir, já se fez uma escolha de permitir que o errado permaneça errado. " Escravos devem ser obedientes"?
Isso é o próprio reconhecimento da "legitimidade" da escravidão.
Aliás, a Igreja, nisto foi muito bem sucedida. Tem várias escravinhas papa-hóstias como você, em suas filas de longos bancos e confessionários.
Você é lamentável.

Anônimo disse...

Anonima diz,
"As Cruzadas nunca existiram?
GRAÇAS A DEUS EXISTIRAM, PORQUE SE NÃO TIVESSEM EXISTIDO SÓ QUEM PODERIA PISAR NAQUELA TERRA SERIAM OS MULÇUMANOS... OS JUDEUS E CATÓLICOS QUE GOSTAM TANTO DA TERRA SANTA DEVERIAM AGRADECER AS CRUZADAS!"

Singea anonima,

Como humanista, é meu dever lembrá-la, que um ser humano, antes de ser cristão, muçulmano ou judeu, Hindu, ou budista, ou mesmo ateu, pagão, blah, blah, blah, é antes disso tudo, um ser humano.
Só para lhe lembrar que as vítimas das cruzadas, não eram números, eram pessoas.
Mas o mais cruel nessa história de guerra, e que teve motivação real política e econômica, é que as principais vítimas de mortes, saques e estupros eram predominantemente populações Cristãs do Oriente. Leia pelo menos algum livro de história de verdade, não o manual da Inquisição espanhola. Leia sobre o que Reinald de Chantignon fez na Ilha de Chipre. O que os Cruzados fizeram em Pelusio. E principalmente, o que fizeram na Cruzada contra Bizâncio.
As cruzadas são um capítulo de Bizarrias sem qualquer significado religioso real.
Para que? Tomar Jerusalém?
Não acredito nesse Reino dos Céus, mas se ele existe, não é ali. Não naquela terra marcada unicamente pela loucura humana.
E se ele existe, e é ocupado por pessoas como você, prefiro a companhia do Diabo, no Inferno.

Anônimo disse...

A INQUISIÇãO FAZ FALTA!?!?!?
WTF?!

Anônimo disse...

Anonima diz,
"NOSSO SENHOR JESUS CRISTO PODE JULGAR E A IGREJA, SENDO UM SÓ CORPO COM ELE, RECEBE DELE ESTE PODER... LEMBRA? "O QUE LIGARES NA TERRA SERÁ LIGADO NO CÉU, O QUE DESLIGARES SERÁ DESLIGADO" SIMPLES ASSIM!"

O poder da sua Igreja não emana do Jesus Cristo, ele, se fato era o que vocês dizem que era, deve vomitar vocês todos de dentro dele, todos os dias, por sua falta de verdadeira humanidade. O poder da sua Igreja emana da estupidez de pessoas como você, que "empoderam" essa instituição milenar e perigosa com sua submissão.

Anônimo disse...

Jesus diria " Com a mesma medida que julgares, você será julgado", ou seja, condenava que um ser humano julgasse outro, e depois de ascender aos céus, se tornaria juiz? Você é estúpida ou o que?

Anônimo disse...

muito legal adorei ,porem eistem muitos outros que vc não citou ,tipos os brasileiros.

Two Nerds disse...

a todos aqueles que defenderam e/ou justificaram com alegações como "não era bem assim", "não era na europa toda"
sugiro que leiam um livro chamado Maleus Maleficarum, é bastante esclarecedor.
sobretudo para "os historiadores".
obrigado.

Anônimo disse...

Se existisse isso pra presidiários hoje em dia com certeza não teríamos criminosos como atualmente!

Hoje o mundo é bagunçado e pessoas matam, roubam, estrupam, contrabandos, mafias... e outros 30 vezes piores que isso que citei...

Não apoio 50% do regime da Idade Média, ainda mais que as justificativas para essas torturas eram errôneas mais que seria ótimo pros dias de hoje seria... pois se levantam muitos no blog pra falar que isso antes era crueldade, muitos devem pensar que por exemplo o ser humano hoje é BEM PIOR DO QUE ANTES... disso pode ter certeza...

Detalhe importantíssimo:

- NÃO SOU CATÓLICO! Não me venha com argunmentos como:

"HÁ vc fala assim por que é católico!"

bY..:: Archer

Anônimo disse...

Escrevi ARGUMENTOS errado sem querer aushausha ¬¬'

ѶѦŁṂØŬȐƬ disse...

Ainda existe tortura, só que hoje em dia a coisa é mais psicologica, vivemos em uma guerra fria, homofobia, racismo, preconceito, a sociedade é alienada, e prega o que é certo e errado, enquanto sustenta um sistema de vida capitalista, um sistema que irá matar toda a humanidade no futuro, aí eu me pergunto, que moral um ser humano tem para julgar a vida alheia? NENHUMA!

Akira Mistika disse...

Acabo de ler todos so comentários e digo que fiquei impressionada.

Galera, afirmo, assim como minha colega historiadora, Tatiana, que temos de nos ater as fontes, sejam elas escritas, orais e etc, para podermos fazer comentários do tipo. Devemos ter cuidado com os "achismos" e fontes dúbeis.
Concordo com o leitor, Sigfried em afirmar que as instituições religiosas são os parasitas da sociedade. Também acho que o que precisamos realmente é um código de conduta.
Quanto ao leitor, Rafael, e alguns. Tenho de respeitar sua opinião, assim como de outros, mas dizer que as práticas de tortura representavam uma “humanização” das práticas de inquérito e encarceramento, é meio difícil de engolir, né. Só pode ser advinda de mentes ignorantes e doentias, de alguns da Igreja.
“Erros históricos como a condenação das idéias de Galileu pela Igreja foram revistas pelo Vatino”. Será que era necessária haver tanta matança para reconhecer os erros da Igreja? Infelizmente a interação entre ciência x religião não era bem vista, ainda bem que está mudando. O que tanto a Igreja escondia/esconde de nós?

Akira Mistika disse...

Só pra corrigir: os reis não mandavam na Igreja, mas sim ao contrário. A 1ª tinha grande influencia sobre a nobreza, assim como ao povo. E ainda: Igreja = Estado.

Akira Mistika disse...

Como assim a Inquisição não se espalhou pela Europa? Meu Deus, andaram faltando as aulas de Historia no Colégio?
Sou formada em Historia, quem quiser umas aulas....
Tomem cuidado com as generalizações, assim como para o bem sendo, galera,devemos sempre respeitar a opinião do proximo. Devemos dar conselhos e não fazer julgamentos de valor. Sei por experiencia própria, afinal, nunca mais ponho posts contendo msns politicas ofensivas por e-mail.

Anônimo disse...

quanta crueldade !!!!!!

May Cry disse...

Porque toda vez que alguém critica os erros da Igreja Católica, algum estúpido se justifica usando os crimes dos Judeus contra os palestinos?
Gostaria de saber em que situação um crime passa a justificar o outro.
Sendo que os Palestinos, por sua vez, foram as principais vítimas das Cruzadas. Atacados por ambos os lados. Pelos muçulmanos, e por seus 'salvadores', os católicos europeus.
Por acaso acreditam que quem critica a Igreja Católica seja um grupo de Judeus?
Podem ter certeza, não são. Eu nasci católico, fui criado 11 anos em um Colégio Jesuíta. O que nos afasta da Igreja é a razão. Não outra religião.

Anônimo disse...

E ainda tem gente que diz que foi necessário, foi melhor assim, e que a santa igreja é infalível...

Luis Fellipe disse...

Primeiramente, a tortura era institucionalizada deis de Roma Pagã, todos os julgamentos feitos por Senhores Feudais, Reis, Magistrados etc podiam ter tortura.
Igreja Católica foi a primeira a estabelecer regras a essas torturas, para que não houvessem abusos.Os tribunais Católicos eram os unidos do mundo aonde você estaria livre simplesmente se assumindo Católico(o que é justo,já que você quer viver em território Católico), se você tivesse filhos ou fámilia, você podia ser liberado do Julgamento e voltar mais tarde.


O que aconteceu aqui foi a mistura(que qualquer pessoa com o mínimo conhecimento histórico não faria)da Inquisição Espanhola com a Santa Inquisição Católica. Primeiramente as regras da Santa Inquisição eram de que nenhuma gota de sangue poderia ser derramada (por isso alguns torturadores usavam fogo para burlar essa regra, então a maioria desses métodos já estariam eliminados.
A Inquisição Espanhola foi feita pelo Rei e Rainha de Espanha, sem controle da Igreja, e se utilizou de todos os meios para se livrar de mulçumanos e judeus depois da reconquista da Espanha.

Ora, então o que aconteceu foi que por questões Culturais, foi se criado um mito quanto a Santa Inquisição, desmentido por vários historiadores modernos, que foram propagados primeiro pelos Iluministas, e depois pelos Comunistas.

Só temos o nosso pensamento Científico e Cartesiano por que a Igreja conservou toda a cultura Greco-Romana e seus pensadores, por que se não teríamos começado do Zero. A Igreja foi o solo fértil que propiciou todo o desenvolvimento intelectual que criou os conceitos de humanismo e direitos humanos.

No meio da Escuridão da Queda do Império Romano, a Igreja Católica foi a unica luz que tentou manter a Ordem no meio do Caos, que humanizou os Bárbaros, que matavam qualquer um a sua própria vontade, e não sabiam o que eram direitos individuais.

Ainda existe uma cruzada contra a Igreja, por exemplo sobre a Igreja e o Nazismo, o que já foi desmentido e não é repetido por nenhum historiador sério.Não vou perder o meu tempo provando como a Igreja foi contra o Nazismo e como ela salvou milhares de Judeus, basta fazer uma rápida busca na Internet.

Codex Prohibitorium, essa é engraçada, os Protestantes também tinham um Codex, Isso era coisa dá epoca.

O que me da mais Nojo é moralistas politicamente corretos querendo julgar o ZeitGeist da Idade Média se valendo da moral e costume de uma sociedade Ocidental centenas de anos mais evoluída.

Luis Fellipe disse...

Primeiramente, a tortura era institucionalizada dês de Roma Pagã, todos os julgamentos feitos por Senhores Feudais, Reis, Magistrados etc podiam ter tortura.
Igreja Católica foi a primeira a estabelecer regras a essas torturas, para que não houvesse abusos.Os tribunais Católicos eram os únicos do mundo aonde você estaria livre simplesmente se assumindo Católico (o que é justo,já que você quer viver em território Católico), se você tivesse filhos ou família, você podia ser liberado do Julgamento e voltar mais tarde.


O que aconteceu aqui foi a mistura (que qualquer pessoa com o mínimo conhecimento histórico não faria) da Inquisição Espanhola com a Santa Inquisição Católica. Primeiramente as regras da Santa Inquisição eram de que nenhuma gota de sangue poderia ser derramada (por isso alguns torturadores usavam fogo para burlar essa regra, então a maioria desses métodos já estariam eliminados.E qualquer um que derramasse sangue estaria sendo criminoso e passível de denuncia e julgamento.)
A Inquisição Espanhola foi feita pelo Rei e Rainha de Espanha, sem controle da Igreja, e se utilizou de todos os meios para se livrar de mulçumanos e judeus depois da reconquista da Espanha.

Ora, então o que aconteceu foi que por questões Culturais, foi se criado um mito quanto a Santa Inquisição, desmentido por vários historiadores modernos, que foram propagados primeiro pelos Iluministas, e depois pelos Comunistas.

Só temos o nosso pensamento Científico e Cartesiano por que a Igreja conservou toda a cultura Greco-Romana e seus pensadores, por que se não teríamos começado do Zero. A Igreja foi o solo fértil que propiciou todo o desenvolvimento intelectual que criou os conceitos de humanismo e direitos humanos.

No meio da Escuridão da Queda do Império Romano, a Igreja Católica foi a unica luz que tentou manter a Ordem no meio do Caos, que humanizou os Bárbaros, que matavam qualquer um a sua própria vontade, e não sabiam o que eram direitos individuais.

Ainda existe uma cruzada contra a Igreja, por exemplo sobre a Igreja e o Nazismo, o que já foi desmentido e não é repetido por nenhum historiador sério.Não vou perder o meu tempo provando como a Igreja foi contra o Nazismo e como ela salvou milhares de Judeus, basta fazer uma rápida busca na Internet.

Codex Prohibitorium, essa é engraçada, os Protestantes também tinham um Codex, Isso era coisa dá época.

O que me da mais Nojo é moralistas politicamente corretos querendo julgar o ZeitGeist da Idade Média se valendo da moral e costume de uma sociedade Ocidental centenas de anos mais evoluída.

Anônimo disse...

por isso sempre ousso dizer que o ser humano e o animal mais terrivel que existe, e capaz de todas as crueldades que se pode imaginar e animais e humanos nao se pode nem comparar por que animais se matao para sobreviverem e os humanos matao muitas vezes para verem o sofrimento do proximo (irmao).

Vinny disse...

Ainda não entendo essa gente, mandavam mais que os reis e decidiam pela vida dos outros. Isso realmente é um absurdo, pode se dizer que eles são melhores hoje, ou as pessoassão cegas?
Me sinto irado ao mesmo tempo envergonhado por ler tais coisas, coisas que humanos, pessoas fizeram contra pessoas por algo que acreditavam e erraram.
Acho que dai que vem a ignorancia do ser humano hoje em dia por varios outros fatores.

May Cry disse...

Luis Fellipe disse...
Igreja Católica foi a primeira a estabelecer regras a essas torturas, para que não houvesse abusos.

Puxa, que bom, ai sim, uma evolução...Tortura, mas com regras...

"Primeiramente as regras da Santa Inquisição eram de que nenhuma gota de sangue poderia ser derramada (por isso alguns torturadores usavam fogo para burlar essa regra, então a maioria desses métodos já estariam eliminados.E qualquer um que derramasse sangue estaria sendo criminoso e passível de denuncia e julgamento.)"

Ah, que bom, isso está parecendo o código de conduta do DOI_CODI nos anos 70. Não pode sangrar...
"A Inquisição Espanhola foi feita pelo Rei e Rainha de Espanha, sem controle da Igreja, e se utilizou de todos os meios para se livrar de muçulmanos e judeus depois da reconquista da Espanha."

Mentira. Torquemada era um membro da Igreja. Os Tribunais eram eclesiásticos. E os vínculos dos Reis de Espanha com a Santa Sé eram em todos os aspectos muito profundos. É só acompanhar o desenvolvimento histórico desse pais, e suas colônias, e de como a Igreja Católica usufruiu disso.
"Ora, então o que aconteceu foi que por questões Culturais, foi se criado um mito quanto a Santa Inquisição, desmentido por vários historiadores modernos, que foram propagados primeiro pelos Iluministas, e depois pelos Comunistas."

Chega de relativismo moral. Os "iluministas e comunistas" não inventaram fatos. Os fatos ocorreram. E esses desmentidos são tão dignos de respeito quanto o bando de maricas papa-hóstias que os inventaram. O que aconteceu, aconteceu. Lide com isso e se torne um ser humano melhor.

"O que me da mais Nojo é moralistas politicamente corretos querendo julgar o ZeitGeist da Idade Média se valendo da moral e costume de uma sociedade Ocidental centenas de anos mais evoluída."

Poderíamos até superar o ocorrido, se a Igreja Católica tivesse em algum momento admitido a BARBÁRIE que tudo isso foi. Mas essa instituição covarde se esconde atrás de desmentidos, "não foi bem assim", "Eram outros tempos", assim como você e seu relativismo moral.
E se não permanecesse como uma sombra, sempre ameaçando o desenvolvimento do ser humano e sua liberdade. E não sou um moralista politicamente correto. Mas se acha que essas escusas fajutas tem algum valor, façamos a seguinte experiência - me deixa arrancar suas unhas com um alicate, ou quebrar os seus dedos com um martelo, só porque você não concorda comigo. Depois disso, a gente conversa sobre a relatividade da tortura no tempo.

UmmaGumma disse...

TEM MAIS COMENTARIOS Q DOCUMENTARIO... XD

Anônimo disse...

O bem ou o mal é da escolha de cada um e as conseqüências resultantes de cada escolha devem ser suportadas por quem as faz. Quando a escolha ultrapassa os limites pessoais, ou seja, quando nossa escolha atinge o outro, prejudicando-o, não pode (e nem deve) ser justificada por crenças de qualquer natureza, sejam elas políticas, filosóficas, religiosas, etc... muito menos por um qualquer entendimento pessoal, sempre limitado ao próprio indivíduo. No que toca à tolerância, indiscutiveis e não raras as vezes em que a Igreja Católica não observou os preceitos de seu Mestre... infelizmente!

Wander de Souza disse...

Porra galeraa!!!

Taí uns instrumentos muito loucos usados em nome "du Senhor", é tudo pra fazer carinho, com muito amor....

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


É uma bosta mesmo o q se faz em nome do senhor, a raça humana deveria ser extinta por atrocidades como essa....

Eu achei um ponto interessante e não questionado, percebi que os aparelhos ligados a exterminar mulheres, todos tem conotação sexual sadomaso (pode ser uma pira louca da minha cabeça), se vcs prestarem atenção todos eles faz com q as mulheres fiquem nuas ou semi nuas. Esses aparelhos tem um apelo sexual muito grande, olhando por esse ponto d vista.

Eu realmente nunca vou entender esses loucos da idade média, pois pregam uma coisa e fazem outra...

Vítor Miguel disse...

Mais uma tortura: é colocado um rato dentro de um garrafão, em que o gargalo é introduzido no ânus do ser infeliz... imaginem o que acaba por acontecer!

Vítor Miguel disse...

E mais esta: Uma tábua com dois orifícios onde eram passados os pés untados com mel, uma cabra cheia de fome ia lambendo até ficarem uns coutos!!

Vítor Miguel disse...

Lembrei de uma muito utilizada na prisão de Caxias durante a ditadura em Portugal, infligida a presos políticos: a pessoa era colocada entre quatro paredes estreitas de forma a que não se consiga dobrar ou agachar, no centro caía uma gota de água na cabeça, parece coisa de pouca monta... dizem que o efeito era devastador poucos conseguiam recuperar do tormento ao fim de um dia era pior do que terem um tambor dentro da cabeça!!!

Vítor Miguel disse...

Outra também utilizada na prisão de Caxias durante a ditadura em Portugal, infligida a presos políticos: As caves da prisão tinham uma tubagem com ligação ao mar, o preso era colocado na "piscina" por uma escotilha no tecto, a sorte da altura e duração da maré ditava a agonia e o futuro da pessoa!

Anônimo disse...

A estupidez humana é a maior praga que pode existir na terra e para além dela ......estamos muito evoluídos mas olhando á volta é só tecnologia ...mas na moralidade estamos na pré-história..tão lentos que somos nesta evolução humana que somente nos levará á destruição da vida .... e será um favor que faremos ao planeta até que ele renasça das cinzas.

PAULO disse...

MEUS CAROS, EM PRIMEIRO, PARABÉNS PELAS POSTAGENS DE ASSUNTOS TÃO VARIADOS QUANTO INTERESSANTES. O AUTRO DESTE ARTIGO TAMBÉM FOI MUITO FELIZ EM SUA ARTICULAÇÃO. PORÉM, ALGUMAS CORREÇÕES SE FAZEM NECESSÁRIAS. O TRIBUNAL DO SANTO OFÍCIO FOI FUNDADO NA CONTRA-REFORMA, NO CONCÍLIO DE TRENTO, ENTRE 1525 A 1540, OU SEJA, NA TRANSIÇÃO DA IDADE MÉDIA PARA A MODERNA. A INQUISIÇÃO MEDIEVAL, ANTERIOR À CRIAÇÃO DO TRIBUNAL, NÃO ERA "INSTITUCIONALIZADA" NEM ORGANIZADA PELA DIOCESE DE ROMA, MAS SIM REALIZADA, LIVREMENTE, POR BISPADOS, OU MESMO DIOCESES LOCAIS, NÃO TENDO QUALQUER RELAÇÃO COM O QUE FOI RERALIZADO NO CONCÍLIO DE TRENTO. ESTA INQUISIÇÃO MEDIEVAL FAZIA PARTE DA DEMONIZAÇÃO E PARANÓIA DE PARTICULARES, SEM NENHUMA ORGANIZAÇÃO GERAL FEITA PELA IGREJA (EMBORA A IGREJA AS APOIASSEM). PORTANTO, TORQUEMADA NÃO FOI UM INQUISIDOR MEDIEVAL, E CADA ESTADO (FRANÇA, ESPANHA ETC) REALIZAVA-A DA FORMAS DIFERENTES, EMBORA REALMENTE HOUVESSE UMA ESPÉCIE DE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL, MAS SEM PODERES DE INTROMISSÃO NAS DECISÕES DOS BISPADOS LOCAIS. E ESTA INSTITUIÇÃO EXISTE ATÉ HOJE, SENDO QUE O ATUAL PAPA ERA, ANTES DE SER ORDENADO PAPA, INQUISIDOR-MÓR. NO MAIS SENHORES, NOVAMENTE OS PARABENIZO E ESTOU À DISPOSIÇÃO PARA DISCUSSÃO DE ASSUNTOS TÃO INTERESSANTES. PAULOEBI@YAHHO.COM.BR

Anônimo disse...

"Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!"

Não sou nerd, no entanto vou comentar.
Se fosse tudo um mar de rosas, não havia nada para falar. Não haveria distinção entre sentimentos e sensações.
É lamentável, todos nós sabemos ou deveríamos saber.
Acho que cada um é livre de acreditar no que quiser e de fazer o que bem entender, desde que não retire a liberdade dos outros e/ou espezinhe os seus direitos.
Não li todos os comentários, mas vi alguns com ofensas verbais. Nem num simples blog existe essa tão esperada humanidade, é impossível!
São coisas simples minha gente, até escrever em letra maiúscula é com o intuito de destaque sob os restantes comentários.
Enquanto houver gente que se ache superior aos outros, a humanidade fica uma bosta.
Tenho dito.

Anônimo disse...

Qualquer manobra ou tentativa de justificar os atos covardes de autoritarismo, impostos pela IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA,reflete a grande LAVAGEM RECEBRAL, que as pessoas sofreram desde da ascensão do Catolicismo. As múltiplas mudanças de posicionamento e forma de agir no decorrer dos séculos, deixa equivocada seus objetivos e tornam obsoletos seus ensinos. Já que atualmente a IGREJA CATÓLICA APOSTOLICA ROMANA encontra-se defasada,pelos milhares de escândalos...,COMO ESSES CEGOS DEFENSORES OBSECADOS PELA APOSTASIA ROMANA, PODERAM JUSTIFICAR TANTAS E TANTAS...ATROCIDADES feitas supostamente em nome de Deus??? É PRECISO VER COM MAIS ATENÇÃO OS INSTRUMENTOS E ANALISAR A DOR E OS TERRIVEIS SOFRIMENTOS QUE CAUSAVAM A VÍTIMA.CLARO...ISSO SÓ CONSEGUE ENTENDER QUEM TEM SENTIMENTO, QUEM SENTE DOR, QUEM TEM AMOR AO PRÓXIMO...É MUITO DIFICIL COMPREEDER OS RESPONSAVEIS POR ISSO, MAS É SINSERAMENTE MAIS IMCOMPREESIVEL COMPREENDER AQUELES QUE SE DIZEM RELIGIOSOS,TENTAREM JUSTIFICAR FRIAMENTE A INQUISIÇÃO CATÓLICA?Acredito particularmente que nem mesmo Adof Hitler,Fermandinho Beiramar,Bin Ladem ou o pior criminoso do século XXI, sejam tão indignos da misericórdia de Deus, ao ponto de sofrer tamanha tortura...

Anônimo disse...

A TORTURA É A EXPRESSÃO MÁXIMA DA COVARDIA HUMANA, por isso é tão doloroso lidar com esse assunto. Visitar um museu que expõe os instrumentos de tortura usados na Idade Média, é como entrar numa câmara de horrores. É muito difícil acreditar que aqueles objetos são usados para ferir pessoas. A criação de um instrumento de poder tão violento como foi a inquisição deixa uma questão difícil de responder: o Tribunal foi uma prova da Igreja ou uma demostração de que sua autoridade estava em declínio?Simplificando a pergunta: foi uma prova de força ou de fraqueza?Podemos pensar que somente uma instituição de muito poder criaria tal organismo de coerção. Alias,durante a idade média,”Igreja Católica controlava os sentimentos dos homens e dizia-lhes em quem acreditar,proporcionando distrações e espetáculos...”Talvez o mais correto concluir que a Igreja Católica tinha poder econômico, mas não tinha mais autoridade moral,por isso usou a força e todo poder de pressão que o seu dinheiro não pode comprar. Atualmente, as pessoas tem o livre arbítrio de seguir o que querem, o que acaba traduzindo de certa forma o colapso católico!!!Que a justiça de D-us julgue todas esses inquisidores religiosos, envolvidos nesse CIRCO DE HORRORES!!!

Anônimo disse...

Eu devia ter parado quando disseram que o post não era pra fracos. Enfim, eu gostei bastante do blog, embora tenha lido poucas postagens pude ver que são bem elaboradas, que vocês pesquisam bastante pra não postar qualquer coisa, e eu gostei de bastante coisa que vi aqui. Este post, partircularmente, me deixou... com um certo medo de ver os resto. Mas, enfim, acho que já está na hora d'eu me tornar um pouco mais corajosa. Huum, então, posso terminar dizendo que o blog é muito bom. Tem coisas divertidas, umas nem tanto, várias postagens quase que "educativas" e, bom, não sei escrever um comentário inteligente, não sou nerd !!

Stéfani ♥

g.versieux disse...

"Triunfai sempre pouco importa com que meios e sempre tereis razão." (Maquiavel)
Quando se esta fundamentado em algo inexistente e neste caso,Deus já não é mais opressor e vingativo e temido como no velho testamento.A santíssima igreja C.A.Romana assumiu o papel de algoz absorvendo as posses de suas vitimas e dividindo-as com o estado fazendo com que o mesmo enxergasse uma excelente oportunidade de negócio permanecendo parceiro,torturando em nome de um Deus que provavelmente nunca existiu.Funcionou muito bem pois a dignissima ainda hoje valendo-se da ignorância humana mantem-se os tesouros da terra vivendo das doações de seu adoradores.

Leandro Angelo disse...

Pois é... não entrando no mérito de fontes ou óptica temporal, minha opinião é que no momento em que a Igreja Católica resolveu, jugar, punir e executar qualquer opositor, essa acabou por derrubar sua base, indo contra tudo o que deveria defender.

Mas o que eu acho mais engraçado em tudo isso é ver as pessoas defendendo uma ou outra crença justificando seus dogmas e toda as verdades envolvidas. O cristianismo conquistou um calendário ocidental, parabéns... corrigam-me os geógrafos, mas eu acho que esse não é praticado por nem 30% da população mundial.

Outro ponto interessante é parar um pouco e analisar tudo que já se passou. Como consideramos absurda a idéia de que um faraó mumificado um dia ressucite, que todos os deuses gregos andaram e até tiveram filhos com seres mortais.

Agora me corrigam os historiadores... Não seriam todas e quaisquer religiões atuais, simplesmente a mitologia de amanhã???

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Meu Deus, época da ditadura na década de 60 e 70, e idade média foram igualmente horríveis!

Gabriel Dutra disse...

A igreja católica só dominou o mundo porque exterminou todos que tinham outras crenças. No oriente, que ela felizmente não alcançou, a história é outra.

Anônimo disse...

Infelizmente a humanidade sempre sofre por causa de pessoas q querem poder.
Não importa se é a Igreja Católica, se são os traficantes, se são os políticos. Há sempre gente sofrendo, de uma forma ou de outra (tortura, fome, doença, abandono, etc), para q uma minoria continue no controle.

Anônimo disse...

Como podemos observar, ainda hoje existem pessôas que sabem da veracidade do que está exposto aqui, porém, se esforcam muito para não crêr, e até defedem.
Isso sim é s i n i s t r o !

Anônimo disse...

Gostaria que os corruptos politicos que roubam o Povo na maior cara de pau, pudessem experimentar um poquinho só desses aparelhos aqui apresentados....

Anônimo disse...

Quem realizou as piores torturas foram os estados modernos, em particular a Espanha. A Igreja tem culpa não resta dúvida mais os Estdos Espanhois e Portugueses muito mais pois procuravam eliminar seus adversários politicos valendo-se do poder do Santo Ofício. Inclusive os Reis tinham maior autoridade sobre os inquisidores do que o Papa.
Aconselho a leitura do livro História das Inquisições do Francisco Bethencourt.

Anônimo disse...

Bem, conceitos de bem e mal mudam. Nós mudamos.
Não julgo, mas obviamente não aceito o que aconteceu.
A tortura está presente ainda hoje, nós ignoramos.
Não seria tortura queimar um repórter... espancar um torcedor desacordado. Estupros de crianças que duram anos!
Nós ignoramos, nós aceitamos. Eu e você somos fracos. A desculpa é que a força revolucionária morreu por "n" motivos... mas os fatos. Façamos nós hoje o que queremos do mundo amanhã...

Anônimo disse...

oi pessoau esta td eim?~

Anônimo disse...

as coisas não são como
paresem ser.Elas podem ser bem piores.
Ou estarem bem mais perto da realidade.
E da voouta ao passado

Docinho disse...

Povo engraçado... cada um tentando passar sua opinião própria sem ao menos respeitar a dos outros...
Eu, como antiga beata (literalmente), concordo em mto que quase a totalidade das religiões estão corrompidas e anacrônicas... mas a generalização pode ser ainda mais cruel do que o uso desses artefatos descritos no post! Não é porque foram relatados diversos casos de pedofilia dentro da Igreja, ou desvio de verbas e tudo mais, que significa que todos os seus seguidores estejam errados.
Fiquei puta uma vez qdo vieram falar sobre o Kaká ter dado um prêmio que ele recebeu para a Ig. Ren***** mesmo com tantos escândalos envolvendo seus presidentes. Meu, foda-se, o prêmio era dele, ele poderia fazer o que quisesse! Mas a grande maioria das pessoas insiste em querer apontar erros dos outros simplesmente pra não ter de olhar pra própria imagem refletida no espelho!
Apenas alguém realmente estúpida pode fechar os olhos pro que aconteceu na Idade Média (e acreditem, chamar tal período de Id. das Trevas, dentro de um ambiente acadêmico, se não estiver intrinsecamente relacionado com o Iluminismo, é quase uma blasfemia filosófica!)... mas, ao mesmo tempo, é simples olhar pra traz e dizer 'ah, os romanos torturavam cristãos, ah, a Igreja combatia a ciência e o avanço tecnológico, ah, Hitler, ah, Stalin, ah, isso e aquilo...', qdo todos os nossos problemas atuais estão resolvidos ¬¬
E nem precisamos ir muito longe (e o longe a que me refiro é doutrina Bush... meu Deus, tô ficando velha... Oo), todo mundo tem seu 'dirty little secret'... e talvez a próxima geração olhe pra nós e diga 'que barbárie, matando seu próximo por glória, por poder!'
Como bem disse um grande sábio, pra toda ação há uma reação... o foda é que ação e reação nunca se anulam, pois atuam sempre em corpos diferentes. Isso não é uma justificativa pro que foi feito no passado (reiterando), mas sim um alerta pros nossos atos... porque a menor de nossas atitudes pode estragar a vida de alguém que nem ao menos conheçamos...
Ademais, excelente post - apenas tomando os referidos cuidados elucidados acima - muito bem estruturado e instigante! Pena que os comentários tomaram rumos infrutíferos...
Lost

Anônimo disse...

eu garanto que se existisse estes metodos hoje em dia as pesoas nao fariam oque esta fazendo e o mundo seria totalmente diferente

Snowmeow disse...

Por essas e muitas outras razões que eu abandonei a igreja, renunciei à minha fé em Cristo e hoje eu vivo feliz como um autêntico Agnóstico. Não quero fazer parte dessa história, e espero que um dia a Igreja católica assuma o lugar que merece: Entre as religiões extintas.

Anônimo disse...

Poderiam também, por favor, colocar os instrumentos de tortura Nazistas e Comunistas?
Estou muito curioso para ver-saber como eram os meios usados pelas maiores ideologias genocidas do mundo.
Ou isso não tem grande impacto porque eles faziam uma "morte humana"(sem dor)?

Anônimo disse...

Fora da Caridade não há salvação - O Evangelho segundo o Espiritismo.
Aos que perderam a fé em Cristo apresento-lhes uma mensagem que abrirá caminho para renovar o mundo em que vivemos e a exemplo de Cristo amai os vossos inimigos pois eles já são imensamente infelizes por não saberem o que é Amar o próximo seus irmãos, filhos de Deus, o Criador de Todas as Coisas e se não acriditam é somente perguntar para as vossas consciências e ela vos responderá.

DENISE disse...

LI VARIOS COMENTS POR AKI E VI Q AKELES Q SE DIZEM CATOLICOS-CRISTAOS KEREM DEFENDER A IGREJA COM PALAVRAS E RAZOES CHEIA DE ESPIRAIS MIRABOLANTES PARA CONFUNDIR O LEITOR E ACEITAR Q A IGREJA SOH FEZ ISSO PARA EVOLUÇAO HUMANA.
ACEITO ATUALMENTE A PENA DE MORTE E ATE A TORTURA MAS ISSO PARA BANDIDOS,CRIMINOSOS,PSICOPATAS,ASSASSINOS E CIA.
ACONTECE Q NAO ACEITO DE NENHUMA MANEIRA ESSA TORTURA PARA HOMOSSEXUAIS,CIGANOS,BRUXAS,JUDEUS OU SEJA LA O Q FOR.
SOMENTE O CRIME DEVE SER PUNIDO.
A OPÇAO SEXUAL E ESPIRITUAL DE ALGUEM NAO PODE SER JULGADA POR NOS HUMANOS E PRINCIPALMENTE POR ESTES HUMANOS Q SE DIZEM REPRESENTANTES DE ''DEUS'' NA TERRA.

Anônimo disse...

PODERIAM TAMBÉM, POR FAVOR, COLOCAR OS INSTRUMENTOS DE TORTURA NAZISTAS E COMUNISTAS?
ESTOU MUITO CURIOSO PARA VER-SABER COMO ERAM OS MEIOS USADOS PELAS MAIORES IDEOLOGIAS GENOCIDAS DO MUNDO.
OU ISSO NÃO TEM GRANDE IMPACTO PORQUE ELES FAZIAM UMA "MORTE HUMANA"(SEM DOR)?

FICARIA MUITO GRATO. (gosto de denúncias)

Anônimo disse...

MUUUUUIIITO INTERESSANTE!!

Aline disse...

Ok. Número 1: idade das trevas foi um conceito colocado na idade moderna pelo iluminismo para negar mesmo a idade média.
número 2: direitos humanos? Só com a Revolução Francesa ela foi redigida.
número 3: sim, a Igreja torturou, matou, mas porque era o maior poder da época, e ela teve PERMISSÃO do povo pra fazer isso.
número 3: a inquisição está aí até hoje,de várias formas e com nomes diferentes, já olharam ao redor?
número 4: o que está no passado não pode ser mudado, e sim analisado e tomado como exemplo para não se repetir.
número 5: a idade média não era tão péssima como aparenta,foram lá que se formaram as bases pra Idade Moderna.
Eu sou acadêmica de história do 3 ano, e tive um professor com doutorado em historia medieval que me ensinou, espero que tenha servido pra alguma coisa.

Felipe (grdnho) disse...

Viva a inclusão digital, a mais torturante forma de se aproveitar o mundo virtual:

"SOU IGUINORANTE NO ASUNTO, MAS TUDO QUE JÁ VI E LI SOBRE ESTES HORRORES QUE A IGREJA CATOLICA PRATICOU FICO COM MUITO NOJO ,ALEM DE SABER QUE OS MESMOS CONDENARÁO INJUSTAMENTE E MATARÃO TANBEN JESUS,SE NÃO ME ENGANO."

Empalem-me plis.

Alexandre disse...

Os papas, bispos e padres catolicos que usaram isso ai devem tá todos ardendo no inferno neste momento...!!!

jourguen disse...

Bahhh.
Que droga pq nao fasem isso agora com os filha da puta dos estrupadores, pedofilos, assasinos e os agresores de mulheres e criancas.
Oh qm gosto me add
MSN: bama_boy1996@hotmail.com

lidianajf disse...

TUDO EM NOME DE DEUS. ONDE ELE ESTAVA? NUM PASSADO REMOTO DEUS ABRIA MAR E PROVOCAVA ECLIPSE. RESSUSCITAVA OS MORTOS ETC. HJ DIZEM QUE SANTAS CHORAM SANGUE.SERÁ MESMO? ACHO QUE O POVO DEVERIA REZAR MENOS E PENSAR MAIS CRITICAMENTE. DE TANTO TER FÉ MESMO QUE AS COISAS CHEGARAM ONDE CHEGARAM. ERA TUDO UM ATO DE FÉ! ...NUM FUTURO DISTANTE IRAO RIR DE COMO AS PESSOAS ERAM ESTUPIDAS!
muryllo@yahoo.com

retroescavadeira.org disse...

nossa, impressionante.. mais impressionante ainda é o apelo que a igreja católica ainda continua a ter em nosso país e no mundo. triste de mais..

Kleyber disse...

Por isso agradeço a DEUS por te me feito ATEU!!!

Roxinha disse...

_estou estudando sobre a história da igreja e pesquisei sobre os instrumentos de tortura usados na inquisição achando, então, esse post. Muito boa a elaboração e me decepciona ainda mais ver como o cristianismo que deveria ser algo positivo pra sociedade foi deturpado desde o princípio. Rapidamente li o comentário de alguém que diz n querer saber de igreja e ser agnóstico por essas e outras razões... acredito que para muitos é mais confortável achar tudo isso ruim, culpar e sair fora.. do que ficar e fazer diferente do que os antepassados.
Sou cristã e n baseio minha fé em rituais religiosos, doutrinas humanas ou dogmas hereditários... frequento igreja protestante e tenho minhas decepções c ela e ainda mais ao saber a história "toda" .. mas ainda assim n abandono a igreja pq a igreja somos nós[pessoas]. A instituição deve ser transformada, mas para isso é preciso que aqueles que não se conformam estejam dispostos a lutar contra os erros e denunciar toda essa mazela.
Não me guio por vista, mas por fé... como diria Eli [pra quem assistiu o filme].

hiago disse...

magnifiko,esplendido,maravilhoso!! parabenizo a igreja katolika e todo o papado de pra ká pela genial ideia de enventar estes instrumentos tao maravilhosos que poderiam facilmente serem usados em curruptos de policias, medikos ,advigados a politikos... e viva a igreja katolika .hip,hip hua pra igreja............koitado de jesus um kara tao bakana e puro..se ele soubesse do efeito kontraditorio q sua vinda a terra daria ..ele nao teria vindo..é jesus por incrivel que pareça as coisas pioraram depois de sua passagem na terra

Rute Ferreira disse...

Haha!
Pior que o efeito do post, é a ânsia de vômito causada por alguns comentários...

ai ai!

dreamcelio disse...

Ainda tem gente de tenta argumentar, comparando com as torturas praticadas pelo nazismo, Stalin e outros. Nada se compara as torturas praticadas pela igreja católica, que duraram centenas de anos, destruindo vidas, pensamentos e "pausando" a evolução da humanidade, tal qual aqueles símios do filme O Planeta dos Macacos. A igreja católica deveria ser extinta do planeta pelas práticas que cometeu.

jm disse...

As religiões e as igrejas foram criadas pelo homem. A bíblia não foi escrita por Deus, mas pelo homem. A raiz de todas as questões que se levantaram aqui (violência, intolerânica, etc.) é o ser humano. O resto são apenas instituições que ele cria. A culpa por isso ou aquilo não é meramente desta ou daquela religião, igreja, doutrina, etc. A culpa é do homem. São as pessoas que cometem atrocidades, apenas usam instituições e o nome de Deus para legitimar suas ações.

sahara disse...

Nao gosto nem um pouco disso, os seres humanos só pela sua cor ou nacionalidade tratados desse jeito.

* Os seres humanos nao são animais, para serem tratados assim!

Todos nós temos sentimentos!
Garanto que absolutamente ningém gostaria de ser tratado assim. Nem mesmo os que na quela época torturaram os escravos.
:((((

Anônimo disse...

odeio a igreja catolica. alias religião é muito diferente d fé, a maioria so serve p alienar as pessoas.

leka disse...

Nerd,hum não sei se sou mas, como Froid disse vinhemos da infancia. Presenciei um aos sete anos um vizinho meu antes e depois de ele ter esfaqueado outro vizinho, eu fui la ver a cena, o outro não morreu. Mas aquele sangue todo...Nunca agredi ninguem fisicamente, resolvi todos os meus probolemas na base da razão. Porem tenho consciencia que isso eh possivel dado ao contexto em que vivemos. Naquela epoca sombria a unica forma de raciocinio vigente era este que nos repugna ao vermos esta imagens dantescas. Se prazer sentimos eh por que de fato la no mais escondido recondido de nossa cepa genetica ainda resta resquicios desda herança macabra.Uma prova disto eh motivo pelo qual vemos filmes de horror, violencia e visitamos esta pagina hoje a procura de respostas ora positivas, ora negativas, acerca deste fenomeno autodestrutivo humano. Pra finalizar: No mundo animal os predadores regulam a população de presas, a regulação da popução dos primeiros eh feita por uma especie mais forte de predador ou por eles mesmos, haja vista os leões que matam as crias do outros para assumir o dominio do bando. Pois bem, nos somos predadores, somos autodestrutivos e autoconstrutivos por excelencia. Ou caçamos ou somos caçados, matamos ou somos mortos. Em epocas de paz lutasse para que não se va a guerra, e na guerra lutasse para que se chegue a paz. Fiquem com DEUS.

Anônimo disse...

eram terriveis e crueis essesmetodos de tortura cara eu cheguei a me arrepiar com o negocio da tal pera nossa que horror bem a cara dos europeus ne?

Anônimo disse...

e eu achava que a macunba era a pior religião,a católica é a mais perigosa que existe e vai ser em breve destruida

Anônimo disse...

isso me da da medo, mais não sei como gosto de ver
isso !

Anônimo disse...

As ações do exercício do poder, ao subjulgar massas, evoluiram bastante. Estes mecanismos foram adaptados ao seu tempo. Pergunto-me: A Igreja melhorou? Ou apenas adequou-se? Suas atrocidades (que alguns enfeitam com ponderações) acabaram? A busca pelo poder acabou? Creio que não. A busca continua, e os seus meios ainda são cruéis. Discordo que a Igreja seja fundamental para a humanidade. E concordo que, para haver uma Igreja "limpa", nela não podem ter fiéis.

Anônimo disse...

Isso é o que o Ser Humano sem Jesus é capaz de fazer.

Anônimo disse...

O BARATO DOS CARAS ERA VER O SUJEITO SOFRER

Anônimo disse...

pobre dessas pessoas so acho que essas pessoas nao deveriam morrer deste jeito ..... sem mais --'

Anônimo disse...

da para ver como eles sofriam no passado

Anônimo disse...

as imagens acima sao muito interesantes mas quem criou o site deveria colocar videos de simulaçoes sobre as torturas ou ate videos reais falando quem prativa as torturas,qual o nome idade etc

KENNY ROGERS disse...

É por estas e outras que sou ATEU CONVICTO.
Como eu poderia acreditar em um ser TODO PODEROSO que permitiu todas as barbáries cometidas pelos seguidores monoteístas?

danilo disse...

caros amigos Deus permitio isso por uma unica razão!!!!!por ser desafiado por satanás o Diabo que o msm disse que os seguidores de Deus seguia a ele só por enteresse!!!vcs achão que Deus gostou d ver isso e tudo que acontesse hoje en dia?eu tenho certeza que não!!!a biblia diz que Deus lamentou ter feito o homen!!mais ele nos deu uma nova chanse!vindo pelo filho dele!!alen do mais se vcs tiveren a biblia vejam o livro de ezequiel 18:39 que diz que Jeová Deus não se agrada na morte de quem morre!!!e o livro de 1 de joão 5:19 fala que quem governa o mundo é (Satanás o Diabo)

Anônimo disse...

cada vez que eu estudo sobre esses aparelhos de tortura me surpreendo. já pensou se esses veredictos tivessem durado até hoje? ainda bem que não, né?

Anônimo disse...

Muita MALDADE...

Paulo disse...

Ha informações erradas. O empalamento não foi inventado por Vlad, ja era praticado desde as cruzadas e pelos árabes.

Anônimo disse...

hummm..mas vai entender...tem pessoas que sao masoquistas..gostam de sofrer....ou os sadicos..q gostam de ver a outra sofrer..seriam essas pessoas reencarnações dessa epoca??? ja cheguei a falar com essas pessoas em salas de bate papo..q elas tb torturam sem do..tem um por exemplo..uma domme...que disse q pregou um sub nela numa madeira e deixou ele la por duas horas...alem de bater nele com corrente de bicicleta...até ele nao aguentar mais..ele ficou duas horas...gemendo no chão...e ela só olhando...rindooo!! como pode ne?? o ser humano é muitooo estranho!!

prf.gerson disse...

Se lêssemos a Bíblia com a metade da seriade com que lemos outros livros, veríamos que tudo isto já tinha sido profetizado. E que a igreja católica é a grande contrafação do bem ou seja é a obra prima de satanaz e as igrejas protestantes em sua quase totalidade nada mais são que sombra da grande meretriz.Não existe verdade fora da Bíblia; não importa se é moral,espiritual ou histórica.

Dread Joplin disse...

o Psf. Gerson... disse tudo... nem tudo que parece é... só de pensar que hoje somos "livres" as custas de coisas como estas... sinto-me presa à culpa, a triteza e a vergonha...

Anônimo disse...

Sinceramente! o pior cego é aquele que não quer ver... não acredito que Deus está em uma religião que torturou e matou os seus filhos dessa forma. Sugiro que os "estudiosos" acima leiam mais o livro que DEus nos deixou que é a fonte de todaaaaaaaaaaaaaaa verdade. Ou seja, a verdade não é um pedaço aqui, ou uma frase alí, é todaaaaaaaaaaaaaaa, desde o velho testamento ao novo. E chego a conclusão que quando Deus diz em Apocalípse "saia dessa filho meu" está gritando para nós sermos mais espertos e ler mais e colocar nossa cachola para funcionar, pois DEus nos deu a leitura e cérebro para meditar, tanto que Cristo diz leia e entenda. Infelizmente chego a conclusão que tem alguns que a cabeça tem que ser aberta e coloca o livro(BIBLIA) dentro. Abram os olhos as imagens não precisam falar muita coisa...

Anônimo disse...

A igreja que passou a idade média torturando os verdadeiros cristãos não presta. Como é que alguém pode praticar tantas crueldade e dizer que fazia a vontade de Deus?

Anônimo disse...

Bem diz a bíblia que a igreja romana está bêbada do sangue dos inocentes filhos de Deus.Apocalipse apresenta uma prostituta montada sobre um monstro e com uma taça cheia do sangue dos cristãos para ilustrar o verdadeiro caráter desta igreja que é a "mãe de todas as abominações da terra". Se vc faz parte desta denominação assassina, abra os olhos e leia o convite de Deus em Apocalipse 18:4-"Sai dela povo meu, para serdes cúmplices em seus flagelos"

Anônimo disse...

Vem chegando o tempo no qual esta igreja apóstata irá unir-se novamente ao estado e voltar a oprimir os justos. Mas pensa que ela vai prevalecer? Deus irá realizar justiça pelos que, por amor a ele, forem submetidos a essas barbaridades.

Anônimo disse...

O mesmo anônimo que escreveu os três últimos comentários fala o seguinte: Deus ama o pecador, mas abomina o pecado. Deus amou, ama e sempre amará aqueles que fizeram torturas com os santos na idade média,pois seu amor é incondicional, mas não pode salvar aqueles que ñ se arrependeram.

Anônimo disse...

Muito se fala de atrocidades cometidas pela Igreja na idade média ou por Hitler nos meados do século XX. Porém nunca se buscam as causas disso. Culpam as corporações por erros de poucos. É fácil no mundo de hoje termos noticias instantâneas de fatos que ocorrem mas imaginem no passado. Como a Igreja iria condenar um inquisitor se, muitas vezes, os relatos das suas ações só chegavam à Igreja anos após a sua morte e mesmo assim muitas vezes distorcidas pelos mensageiros? Hutler, por outro lado, foi um líder carismático (como todos os psicopatas são) que foi totalmente moldado pela filosofia de Martinho Lutero. Lutero era declaradamente anti-semita e promoveu a reforma protestante com base no ódio. Hutler nada mais foi do que a personificação das idéias de Lutero. Leiam as teses de Lutero e verão o grande Santo que este homem foi. Ele teve a sorte de ter nascido após a inquisição pois, caso contrário, teria sido queimado na fogueira como herege, o que não seria de todo mentira.

tel bostina disse...

era religiam catolica ???

Anônimo disse...

Eu tenho nojo da minha própria espécie... Demônios!!!

D.Roberto disse...

A época da inquisição foi realmente terrível,muitos tentam seguir a Deus no seu achismo,esse é um problemas,por isso tempos depois foram feitas reformas,pois os reformadores não aceitavam os erros implantados pela igreja, pois eram anti bíblicas.A própria bíblia diz que muitos matariam em nome de Deus, esses dão um péssimo testemunho,todos serão julgados por suas obras.A bíblia é um livro que não deve ser lido, mas sim estudado, é por isso que muitos, tanto céticos como crentes na bíblia erram em suas idéias, justificando-se em uma coisa e outra para apoiar seus pontos de vistas.O que não podemos é atacar um ao outro, num debate intelectual para ver quem ganha no argumento. E outra existe dois tipos de ateus, os que não acreditam realmente em Deus e não quer ouvir falar,e os que acreditam mas vivem como se Deus não existisse.Não podemos ignorar a época escura(anti- cristianismo),pois DEUS tem uma verdade a proclamar a todos que abitam na terra, temei a DEUS e dai-lhe glória pois é chegada a hora de seu juízo apoc.14:6.Não podemos justificar um erro seja qual for o seu tamanho, pois existe uma verdade,mas também não podemos usar os erros de outrem, como justificativa para generalizar as coisas.Deus ilumine a todos.

Anônimo disse...

Jesus quando por aqui passou nao fundou nenhuma religiao,alias quem o assasinou foi a politica da epoca que mais tarde o mesmo bando do imperio romano veio se tornar esse cancer que e a igreja catolica.Onde esta a caridade e o fraternalismo que Jesus ensinou? Graças ao criador supremo esta baderna terrena esta pra acabar.Se colocarmos a endomentaria da epoca veremos que nada mudou.Lamento por fazer parte desa humanidade tao cruel inclusive com os animais que so nus pedem aor e amor.

OSWALDO disse...

Parece que a "dama de ferro" foi inventada no século XVIII (ver Wikipédia).

Os demais "aparelhos" eram usados somente pelos tribunais eclesiásticos? Os protestantes não os usaram também?

Anônimo disse...

Ainda bem que as pessoas sofriam em vez de morrerem logo e esvaiarem-se em sangue. Os instrumentos eram altamente!!!!!!!!

Anônimo disse...

FUCK YOU WIKIPÉDIA

Anônimo disse...

como alguém ainda pode dizer que essa igreja pertence a Deus? o proprio diabo é sim o seu dono.

Anônimo disse...

Caralho para a Igreja!!!!!

Anônimo disse...

Achei super interresante esse assunto........

Anônimo disse...

Adivinhem qual era a igreja que fazia essas artes com os coitados, na época da "SANTA INQUISIÇÃO"!

Fernando Oliveira disse...

PARABÉNS muito bem elaborado !

Sebastião Martins Pacheco disse...

É assimque sacar quer dominar: pela força

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo