terça-feira, 5 de maio de 2009

Avatar Sherman

X-Men Origens: Wolverine

 

wolverine_poster

O verão americano no cinema começou! Então a galera já sabe que a época dos grandes blockbusters chegou. E o primeiro a aparecer nas telonas é o mutante de garras de aço da Marvel: Wolverine. Ele fez boa campanha, com salas lotadas (ao menos no cinema onde eu fui, o 2° maior daqui do Espirito Santo) e, como muitos estão falando aí, o filme não é ruim. Aliás, não sei por que compara-lo a X-Men 3,  como vários estão fazendo, não tem nada de parecido. Esse é movimentado, tem cenas bem elaboradas, coisa que nenhum dos outros X-Men têm. E pra muitos (os que não leram as revistas da mini-serie Origem que o FiliPêra fez a matéria especial) é a oportunidade de saber como foi o passado do Mutante mas famoso dos X-Men.

O filme começa mostrando o jovem Logan em sua casa (transferida perfeitamente para o cinema como na HQ Origem), nisso logo ficamos surpresos com uma pequena reviravolta que mostrará o que o personagem será para sempre.

Então, como poucos filmes fazem, os créditos viram parte da história do filme (alguém quer um exemplo melhor que Watchmen?), mostrando por quantas batalhas Logan passou; mas não é só ele que aparece, mas também Victor Creed, o monstruoso Dentes-de-Sabre (interpretado por um Liev Schreiber cheio de vontade), que é uma coisa meio desagradável para os fãs das HQ’s que estiverem assistindo ao filme, o que é uma situação pouco plausível, mas como eu digo, são coisas de Hollywood, que insiste em amenizar as histórias para atingir um público maior e faturar muito mais.

Nisso, no decorrer do filme, os dois (Logan e Victor) são abordados por Stryker (Danny Huston), que oferece uma chance de usarem seus poderes para missões especiais. Logo, com alguns desentendimento, Logan deixa o grupo especial, e anos depois ele é perseguido por Dente-de-Sabre, que está matando seus ex-colegas de missão. É quando parte em busca de Logan e para atingi-lo mata a mulher com quem tinha se casado, despertando toda sua fúria. Mesmo assim Logan não consegue vence-lo, e ele vê em Stryker uma chance de vingança. E é quando viramos testemunha da transformação de Logan em Wolverine, uma máquina de matar indestrutível.

 

wolverine_1

wolverine_2

Claro que o roteiro deixa uma grande impressão de ausência de coisas importantes na vida do personagem. Muitas coisas que estão nas HQ’s e não estão presentes no filme, muitas falhas como alguns diálogos sem importância ou até mesmo cenas bobas como: Wolverine no banheiro de um casal de velhos que mora em uma fazenda, ficando impressionado com suas garras de aço até que toma um susto quando o velho bate na porta o chamando, ele vai e "corta" a pia  do banheiro (aquela típica cena pra fazer as crianças na sala de projeção rirem, por que a classificação é 13 anos, motivo de muitas reclamações de fãs que sabem como o personagem é violento mas no filme sempre passa as coisas mais amenas).

Alvo de outras reclamações é o personagem Deadpool (Ryan Reynolds) que motivaram tanto a ponto de mudarem sua personalidade. Mas há vários que ficaram muito bem com seus personagens como é o caso de Will.i.am como John Wraith e Taylor Kitsch que interpreta Gambit (muito bem, por fala nisso).

Mas se tratando de um filme do Wolverine as cenas de ação tinha que ser bem elaboradas e elas são. Eles conseguiram tomadas de aventura e ação excelentes, e momentos que nem de longe lembram os três filmes paradões da equipe de mutantes de Xavier.

 

wolverine_3

wolverine_4

O filme agradará as pessoas que irão assisti-lo sem muito compromisso, que não podem ir achando que verão cenas intrigantes como foi ano passado com O Cavaleiro das Trevas  ou efeitos tão bons quando os de Homem de Ferro. A idéia de X-Men Origens: Wolverine é divertir. Uma ótima opção de lazer, com cenas de luta muito boas, perseguições e alguns mistérios revelados do mutante mais casca grossa da Marvel… mas em estado ligth.

 


X-Men Origins: Wolverine (EUA, 2009)

Diretor: Gavin Hood

Duração: 107 min

Nota:7,5

16 Comentaram...

Pedro Mendes disse...

Tipo, sou muito fã do cara e acho que o filme merecia uma nota melhor, só faltou mais sangue no filme mas eu achei bem melhor que aquela revista pífia que fizeram sobre a origem dele

Lucas disse...

Faltou uma classificacão mais alta da faixa etária que veria o filme ... mas como sempre o dinheiro vem em primeiro lugar o flime ficou meio falho ... ainda mais retratando um Mutante tão MotherFucker como o Wolverine.

Não acho que o filme mereca 7,5 de nota ... concordo que seja um filme divertido mas se tratando de Wolverine o filme tinha que ser mais denso e mais do que só divertidinho ... na minha concepcão o maximo que ele ganha é 5

Arthur disse...

minha nota pra essa coisa tosca é -10; filme totalmente escroto!
pra quem realmente é fan desse cara e conhece a história de um dos herois mais mal encarados do mundo e sem um pingo de "bondade ridicula e boçal" a que esse filme expoe o cara, fica realmente muito irritado ao ver esse lixo, pra qualqer outro que não conhece é um filme bacana, mesmo assim não chega a ser o top do ano, mas pros fans do wolverine é só uma puta decepção sem precedentes, espero que o viado filho de um gay que dirigiu esse lixo morra com um puta tiro de calibre .308 winchester na bunda pra ser empalado, e enquanto ele agoniza arranquem as bolas desse infeliz e enfiem guélabaixo! por ter feito ums dos caras mais cabra omi do mundo virar uma bixinha tosca xeia de sentimentos inuteis, o filme não foge só da história do HQ origem, foge totalmente da história geral, onde já se viu projeto arma x DEPOIS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, o trouxa que fez isso merece vais. Frank Miller deveria ter dirigido esse filme gay! hug jackman perdeu todo o credito que tinha pra dizer que honrra as bolas que tem no meio das pernas.
[protesto por um filme melhor; eu faria melhor!]

Gilmarzinho Ostjen disse...

Concordo, Arthur. Até eu que nem gosto muito da Marvel faria um filme muito melhor.
E principalmente, as garras do rapaz...
Naquela famigerada cena do banheiro as garras parecem feitas com efeitos especiais dignos de "Cine Privê".
Podiam ter colocado umas garras de aluminio penduradas na mão dele, o qualquer coisa assim. Mas qualquer coisa mesmo... porque aquele efeitozinho bagaceiro, feito "à paint" e pintado de cinza (CINZA!!!!!)... nem parece metal. Quanto menos ADAMANTIUM!
Pois é...
E Deadpool! Nem vou falar nada.
Tinha que ter largado ele no meio da rua, destruindo tudo (esperem pra ver algo assim no filme do Comandos em Ação, que chega aqui no fim do ano), e não essa lutinha em cima do muro (literalmente).
Bah, espero que daqui vinte anos, refilmem isso. E com a coragem que teve Snider para filmar Watchmen:
Censura adequada ao tipo de história. Para não ter que amenizar 80% da história como esse aqui.
Té!

Anônimo disse...

Eles sabem fazer trailer e não filme! o trailer tem nota 10 já o filme nota 5, no máximo. melhores filmes de herois dos quadrinhos são homem aranha, homem de ferro, 2o hulk e sin city..

Gabriel

Arthur disse...

e fora o fato de ele e o dentes de sabre saberem que são irmãozinhos, os efeitos das guarras são realmente ridiculos Gilmar, sem duvida forão muito infelizes ao faze-los, sin city como disse nosso parceiro anônimo (Gabriel) foi uma obra de arte, e the spirit vem ai para qebrar com a cara de muitos manés como esse diretor trouxa (que eu nem quero saber o nome do infeliz) que estragou o filme do wolverine.
sem duvida estrapolarão nos efeitos; não só das garras!

Anônimo disse...

Apesar de ser o mesmo tipo de filme americano com seus efeitos visuais cliches,na qual cada movimento é previsivel,foi um otimo filme!!Adorei!!Tb sou suspeita adoro esses filmes ...

Anônimo disse...

Tem sim a ver com Xmen 3...


os mesmos erros:

Personagens demais. Desnecessários. Nâo precisava mostrar uma dúzia de personagem, fazer agente se familiarizar com seus poderes, pra depois eles sumirem ou morrerem. O Filme é do Wolverine pombas...as pessoas querem ver ele e seus poderes... o resto tem que ser coadjuvante, mas o tempo todo os coadjuvantes ganham mais tempo do que precisam, o porra do Zero, o merda do Deadpool... ninguem quer ver um cara dando um monte de tiro, e o outro com a espada...

Egberto disse...

O filme tem diálogos ridículos, tem um desenvolvimento ridículo, os personagens são encarados de forma ridícula...

enfim, o filme é ridículo^^

o gambit é o legolas do filme, as aparições dele mostram que alguém da produção gosta muito dele, as piadas são pífias, risadas só são arrancadas do público (entenda por pessoas que não caem as garagalhadas com humor de péssima qualidade, tipo zorra total, praça é nossa e filmes americanos com o Steve Martim e Leslie Nielsen)com a singela frase:"A barriga dele parece uma bunda!"

Coisas como:
"Zero nunca teria chance contra ele sem as balas de adamantium...".
"Filho, se você procura vingança você irá encontrar...".
Gambit flutuando com um bastão, usando-o como hélice.
O nome dele ser wolverine por causa de um deus de uma tribo indígena.
O Deadpool parecer o Baraka (Mortal kombat II).
Sair uma katana do braço do Deadpool, ignorando totalmente o fato de ser impossível ele ter tal arma alojada no braço e ser capaz de manter todas as funções dos cotovelos.
O poder mutante do Zero ser simplesmente "atirar bem".
2 tiros com balas de adamante fazem com que o Wolverine perca a memória...
Eles terem esquecido totalmente Arma-X, o combate com os ursos entre outras coisas legais que acontessem nessa hq, que pra mim È a real e única origem do wolverine.
O gambit destruir um beco da cidade simplesmente "batendo o bastão no chão" ao melhor estilo Neo, o escolhido.

E mais uma dezena de coisas...(assisti o filme duas semanas atrás, se algo que eu escrevi acima como falas dos personagens não for exatamente da mesma maneira, dêem-me um desconto^^).

Pra encerrar, o filme nem merece nota^^.

Mudando de assunto, bom acompanho o blog a pouco tempo mais gostei bastante^^.

vida longa e próspera...

REGIS disse...

é o típico filme "vamos-agradar-moleques-imbecis-com-um-personagem-legal-e-um-monte-de-efeitos-meia-boca-numa-história-mais-meia-boca-ainda". Fico impressionado com alguns "críticos" que se impressionam com qualquer porcaria(esses moleques...).
Um filme só é bom se tiver muita ação ? Nessa lógica furada podemos crer então que "Armagedon" é melhor que "Batman,O Cavaleiro das Trevas" ?

Wolvewrine tinha material para fazer um filme muito melhor do que o dirigido por Gavin Hood(competente mas que não aguentou o Richard Donner no seu cangote. Esses velhinhos...), mas ficou no meio do caminho... elevar a nota do filme apenas pelas cenas de ação é incoerente com o que entendemos como arte cinematográfica. Querem ação ? Assistam aos desenhos antigos do Pica-Pau (ok, exemplo ruim. Esses tinham mais genialidade do que os realizadores de Wolverine nunca terão em 20 reencarnações...). Mas a maior heresia da crítica não foi achar o filme bom, afinal ter opinião é algo livre para qualquer pessoa, o duro é qualificar Wolverine como superior aos filmes da franquia X-Men. Ainda mais quando temos uma obra que chega próxima à perfeição cinematográfica como X2. E o pior é ainda ler opiniões que concordem e que (heresia das heresias) julgam os quadrinhos em que o filme é (ligeiramente) inspirada como "chatos".
Pois é, jovens idiotas e facilmente manipuláveis (que odeiam ler qualquer material que necessite certa reflexão pois são "chatos") não são só exclusividade dos EUA, temos muitos deles aqui mesmo. Infelizmente é isso.

kira disse...

Eu gostei de Wolverine. Já ouvi pessoas dizendo que esperavam mais do filme, que não teve lutas sangrentas ( que fazem parte do personagem ). Mas mesmo sendo um filme mais light, eu acho que conseguiu reunir o máximo possível de informação do personagem , tanto para fãs quanto para leigos, em formato de um longa metragem. A única coisa que senti falta é de um sotaque francês nas cenas em que Gambit aparece. De resto, o filme é empolgante, muito bem produzido.

Felipe Paivão disse...

Bom, os comentários acima são perfeitos. Quer dizer que algumas horas depois de ter fugigo do projeto Arma X, ele já não tinha nenhuma sequela emocional e já era um bom moço, tratando os coroas de uma forma tão amável supera de longe os seus dias de melhor humor?
Eles acabaram com a saga Arma X, e de quebra transformaram o Logan em um cara peludo gentil e politicamente correto. Está mais pra fera que pra wolverine.

thexman::. disse...

Mesmo sendo para divertir, eles podiam ter se esforçado mais antes de pegar nosso dinheiro...

Felipe Storino disse...

Pensando em Wolverine apenas como um filme de ação, até que eu me diverti assistindo, mas aquilo não é o Wolverine, pelo menos não o que eu conheço. O filme não tem uma gota de sangue, além disso, o Wolverine deixa de matar o Zero e na sequencia aparece a cena mais clichê dos filmes de ação: o protagonista caminhando em câmera lenta e alguma coisa pegando fogo atrás dele. Nessa hora eu fikei com vergonha pelo diretor do filme.

Pior que conseguiram estragar um dos meus personagens preferidos, o Deadpool. Quando ele apareceu com a boca costurada e as garras do Baraka foi um balde de água fria. Além disso, Gambit sem sotaque francês e a solução mais canalha pra apagar a memória do Wolverine: uma bala de adamantium!!! Fala sério, o roteirista devia tá terminando de escrever e lembrou q tinha q apagar a memória do Wolvie. Aí inventou essa desculpa patética.

Melhor personagem do filme é o Dentes de Sabre, as cenas em que ele aparece são sempre empolgantes.

Anônimo disse...

Se vcs levarem em consideração que acabaram com Wolverine e Deadpool...

Anônimo disse...

eu sou fã do wolverine tenho felmes do x-men e nao vejo a hora de ver x-men origens de wolverine

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo