segunda-feira, 25 de maio de 2009

Avatar FiliPêra

O que é ser nerd para nós do NSN #nerdday

 

equipeNSN

A primeira coisa que pensamos em escrever, quando lembramos do Dia do Orgulho Nerd, era o básico: dizer o que é ser nerd para nós. Simples e fácil. Então, na nossa tradicional reunião de fim de semana, do QG do blog, pensamos, discutimos e finalmente escrevemos nossos textos definitivos sobre o assunto. E aí estão eles, começando pelo BruNêra:

 

bruner

Eu sei, tenho andado meio sumido ultimamente, mas o caso é que basicamente, eu sou desenhista. E por mais que eu me esforce e goste de escrever, não vai ser como escritor que eu vou chegar a algum lugar na vida. Junte isso a alguns trabalhos dentro da minha área que têm surgido ultimamente e vocês terão uma boa explicação do porquê desse sumiço. Mas prometo que em breve voltarei com as Enquetes da Semana e, se possível, com o Nipost, que apesar de não serem exatamente minha especialidade, eu gosto muito de faze-los.

Mas esse post não é sobre mim, é sim sobre nós, os nerds. Eu poderia falar um pouco sobre o porquê dos nerds estarem "na moda", ou os prós e contras disso; poderia falar sobre os tipos de nerd que existem ou ainda citar todos os nerds bad-ass-mutherfuckers que estão ganhando espaço para nós nas mais diversas mídias. Mas, isso já tem muita gente fazendo (se brincar o próprio Pêra cuidará disso). Então, ao invés disso, vou dar a vocês algo único, a minha visão do que é ser nerd.

Na minha opinião, ser nerd é muito mais do que gostar de filmes  quadrinhos, livros, séries, história, games, RPG, mangás, geopolítica ou até mesmo perversões orientais. Ser nerd é uma característica única e impossível de ser aprendida. Quem é nerd nasce nerd, para onde essa nerdice vai caminhar depende de cada um: alguns se interessam por cultura russa, outros por cultura nipônica, alguns começam sua vida quadrinística nos mangás, outros nas graphic novels, alguns gostam de encanadores psicodélicos, outros de carrascos sobrenaturais com pirâmides de ferro na cabeça. Alguns acham que uma trilogia de filmes sobre (o) um anel é a melhor já lançada, outros preferem uma sobre mafiosos. O fato é que não importa o que você gosta, se você gosta com afinco, se você se aprofunda e estuda tudo que envolve essa coisa, você é nerd, então, Nerds Somos Nozes!

 

100_04671

Depois de algumas conversas, e de vários complôs e tentativas de golpe de estado que envolvem @VozdoAlem @letiroese @anarecalde tentando provar que não sou nerd, e tentando tirar a minha cadeira de escritor no Nerds Somos Nozes, eu pergunto: o que é ser nerd?

Se for gostar de jogar videogame, eu sou nerd
Se for preferir ficar em casa do que jogar sinuca com os amigos, eu não sou nerd
Se for ir ao cinema e assistir bons filmes, eu sou nerd
Se for comer porcaria e não estar nem aí pro que está vestindo ou pesando, eu não sou nerd
Se for gostar de tecnologia e ficar fuçando milhões de funções no PC e testar programas, eu sou nerd

Enfim, ser nerd é o que exatamente? E porque ser nerd está na moda? Se eu sou nerd ou não é um mistério… rs rs, mas no final de tudo o que vale nessa história toda é a conversa via Twitter, risadas inapropriadas no trabalho, informações que tenho sempre e sempre atualizadas, e esse espaço que tenho aqui no blog para expor minhas idéias, falar sobre programas, músicas que eu gosto (apesar de serem polêmicas), e amizades que vêm com isso tudo!

Desejo a todos um ótimo Dia o Orgulho Nerd, independente se você é nerd, se é paty, punk, mauricinho, junk , clubber...

 

filipera2

Como falei no meu editorial sobre o Game Day, ser nerd pra mim é não se contentar com pouco. É ter sede de conhecimento, é ter bom gosto, e não ligar em ver os “outros” te zoando, quando são eles que merecem ser zoados. É não ter vergonha de tirar as melhores notas (acredite, tem gente que tem), é ir pesquisar por si mesmo e mostrar pro professor que ele não é o único ser pensante de uma classe.

É também dar toalhadas nas costas do irmão, mesmo sem ele entrar na brincadeira e não saber o que é o Dia da Toalha, é ver nos filmes, HQ’s, e músicas, informações muito mais preciosas que as coisas enlatadas que estão nos jornais. É gastar horas e horas inúteis discutindo qual é o melhor videogame da nova geração, é trabalhar no que gosta e obter sucesso, é ver nos dias nerds (como esse) quase um aniversário, é não cansar de buscar conhecimento, e fazer isso por hobby. É não ter vergonha de ser o que é, e ainda estar ciente de seus direitos e deveres.

Como o BruNêra disse aí acima, não basta querer ser nerd, é preciso ser nerd. Lembro de mim mesmo quando criança. Um mês depois de aprender a ler com seis anos, li um livro com mais de 100 páginas. Ler (e depois escrever) é realmente a minha maior paixão. Não importa onde; lendo blogs em telas de LCDs, nos livros de Chuck Palanhiuk, nas páginas de uma HQ de Grant Morrison, ou ainda as falas de Link em um jogo de Zelda.

Mas não paro somente na leitura: ver a maior trilogia cinematográfica de todos os tempos (a versão estendida está esperando tempo suficiente para ser vista), um filme mindfuck de David Lynch, um episódio de Os Sopranos ou uma música do Radiohead, ou nas marchas hipnóticas do Nine Inch Nails. Mas ser nerd não é só fazer isso: é achar sentido e um modo de vida em tudo isso!

 

vforvendetta

Olho a minha nerdice de forma muito particular e peculiar. Não se engane, gosto de tudo que aparece por aqui – séries de TV, cinema, quadrinhos e muito rock ‘n roll – mas realmente me sinto mais habilitado para falar, não sobre as nerdices em si, mas em como aplica-las para ser uma pessoa melhor.

Como? Dando uns tabefes virtuais em alguns script kiddies que ameaçaram invadir nosso blog, investigando a fundo e não tendo medo de represálias, lutando pelo que você acredita (como a galera do Pirate Bay, que jamais tirou o dinheiro de ninguém) não se importando com quem está do lado, tentando mudar o mundo mesmo com outros te chamando de louco (como o pessoal do Greenpeace) e não tendo medo de denunciar uma coisa errada (e ainda usar pseudônimos para ninguém saber que foi você).

Ser nerd é ser consciente do que o rodeia, , é não ser uma barata tonta perdida por aí, é ter conhecimento suficiente para planejar (ou improvisar, depende do seu estilo). Enfim, ser nerd é a melhor coisa jamais inventada!

___________________________________________________________

É NOZES!!!

7 Comentaram...

Mário disse...

Nerds Somos Nozes, Nozes Semo Nerds, mas e as Arverezes? ... sem as Arvorêzes isso NÃO VALE NADA!!! N A D A A A ! ! !

P.S. Vida Longa e Próspera a todos Nozes Nerds.

Rafael disse...

SHOW. Belo post galera, nascido nerd nerd sempre será.
Nerd Somos Nozes.

J. Ricardo Rover disse...

Muito bom!
Ótimo post. Parabéns pra nozes!
Nerds Somos Nozes!

Guthor disse...

bacana os textos... alem de terem tambem um cliche nerd não dito, são feios pra caramba.

não levem a mal.
até.

K.B.L.O disse...

to mt moral pro tera. sem definição ,mas foi na essencia da parada.

Não precisava
de um amigo como eu.

Mas, agora, você vem
até aqui e pede...

'Don Corleone, faça justiça.'
Mas não pede com respeito.

Não oferece amizade. Nem pensa
em me chamar de Padrinho.

-Quer ser meu amigo?
-Padrinho?

Bom. rs.

Fernando A. A. Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando A. A. Soares disse...

Bom blog. Não digo excelente, porque estou parando com este mau costume de dizer excelente.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo