quinta-feira, 21 de maio de 2009

Avatar Colaborador Nerd

Glaspost #3 – O Guia da Revolução

Por Ana Recalde*

lenin

“Eu pensava que ele era imponente, gigante, o águia-real do Partido. Mas, quando o vi, não passava de um franzino careca e miúdo, assim como todos os burgueses que ele combatia. Ao menos essa experiência me disse muito sobre o conflito de idéias contra a imagem!”

Stálin, em conversa com um amigo, logo após se encontrar com Lênin

"De pé ó vítimas da fome

De pé famélicos da terra..."*

Trecho da letra da Internacional Comunista

Muito antes de saber o que eram famélicos, essa estrofe já ecoava na minha mente. Não sabia seu significado ortográfico, mas sentia seu chamado. Eu nasci dia 25 de Março, dia da fundação do Partido Comunista Brasileiro. Filha de dois ex -membros do partidão (como chamávamos o PCB), as palavras do Hino da Internacional tocam fundo na minha alma até hoje. Era parte de um sonho muito maior de igualdade, de ideal. E uma grande parte disso vem de um homem chamado Vladimir Ilie Ulianov, ou Lênin, como ficou conhecido pela história.

Quando soube que o Voz do Além estava produzindo uma coluna semanal sobre a Rússia eu fiquei muito empolgada, e pedi, como fã, para escrever um post com a biografia do Lênin. Pedido que foi prontamente respondido com uma afirmativa.

Desde já, pra evitar mimimi, tenho que dizer que esse não se propõe a ser um post nem histórico, nem jornalístico, visto que não sou nenhuma das duas coisas; mas que também não pretendo ser imparcial, como já devem ter notado.

Uma das ações da URSS (União da Repúblicas Socialistas Soviéticas), durante a Guerra Fria,  consistia em convidar membros dos partidos comunistas ao redor do mundo para aprender política, lá em Moscou. E minha mãe foi uma dessas pessoas. Ela teve a oportunidade de ir pelo PCB quando eu tinha um aninho de idade, ainda na época do regime militar no Brasil. Depois de passar por vários outros países, fazer passaportes falsos, aprender um pouco de russo, aprender política, ela voltou. E como não podia deixar de ser, cheia de presentes para sua filha.

Foi logo nessa época que eu entrei em contato com a vida de Lênin. Eu ganhei, entre tantos presentes um livro, com partes da biografia dele, para crianças. Ouvia suas histórias e quando aprendi a ler, eu mesma as lia.

Não vamos ser ingênuos em achar que a propaganda Russa não funcionava. Eles ofereciam a história de um herói, exaltando apenas os lados positivos de sua índole, mas nada se parecia com os heróis que estava acostumada. Ele não era um guerreiro, e sim um pensador sábio e astuto, com um enorme senso de justiça e uma vontade ainda maior de fazer o bem para os povos do mundo.

Lá eu pude ler como se sentiu mal da primeira vez em que mentiu, tanto que não houve condições de dormir, não sem antes se retratar com sua tia, de quem tinha quebrado um vaso caro.

Lênin, nasceu no dia 10 de abril de 1870, em Simbersk (atual Ulyanovsk), no médio Volga. Foi o terceiro de seis filhos de Ilia Ulianov, um alto funcionário do governo russo, quase um membro da nobreza. Além de descendente da nobreza russa, ele ainda tinha ascendência de mongóis e judeus, coisa pouco divulgada dentro da sua biografia. Durante a adolescência, orgulhava-se das suas origens nobres, segundo o historiador Orlando Figes, da Universidade de Cambridge, um dos maiores estudiosos da história da Rússia.

Em 1887, com apenas 17 anos, viu seu irmão mais velho, Aleksandr, ser executado. Ele e mais um grupo de estudantes participou de atentado contra o czar Alexandre III. Esse acontecimento foi o marco na vida do jovem Lênin que decidiu se dedicar à luta do irmão.

Em 1890 formou um grupo marxista em São Petersburgo, onde conheceu Nadejda Krupskaya, que se tornou sua esposa. Ele se dedicou, nesse momento em adaptar a teoria marxista ao seu tempo, e viu que uma revolução era sim possível num país como a Rússia, onde o capitalismo ainda era jovem nessa época. Em 1895 foi preso e deportado para a Sibéria, por propagar idéias marxistas aos operários de uma fábrica em São Petersburgo.

 

lenin1 026 048

Entre essas datas todas temos alguns "causos" interessantes sobre Lênin. Quando estava na universidade, contam que ele foi impedido de terminar o seu curso, principalmente por causa do seu envolvimento com o marxismo. Ele então, enviou cartas aos responsáveis pela universidade solicitando que fosse lhe dado o direito de fazer as provas para cada matéria. Convictos de que ele não seria aprovado sem ter visto uma aula sequer, lhe concederam essa chance, apenas para ver Vladimir obter o seu diploma.

Outra história interessante se passa na Sibéria, na época do exílio. Ainda que longe dos grandes centros e de alguma influência "maléfica" que poderia causar aos ouvidos indefesos dos operários, a polícia ainda seguia a vida de Lênin bem de perto, fazendo visitas periódicas a sua casa, em busca de panfletos ou livros que o incriminasse. Reza a lenda que uma vez ele tinha tais coisas com ele quando adentraram policiais. Dono de uma biblioteca invejável ele teve uma idéia. Foi extremamente cortês com os oficiais de justiça, lhes ofereceu chá e uma cadeira para que começassem a procurar. Claro que todos os documentos suspeitos estavam na parte de baixo da estante. Porém, quando chegaram lá, os policiais estavam cansados, e não se atentaram para alguns papéis no canto.

 

Em 1900 ele foi viver na Suíça e em 1903, em um congresso em Bruxelas a facção de Lênin dentro do Partido Social Democrata Russo, consegui se impor, corrente chamada então de Bolcheviques. Isso foi fundamental para a luta contra o czarismo.

Os aspectos que levaram à Revolução de 1917 foram muito e nem cabe a mim dar aula de história aqui, por que afinal a intenção é falar sobre o Lênin, mas é importante saber que a coisa não estava boa para o lado do czar Nicolau II. E apesar das coisas em casa estarem violentas ele ainda sim decide entrar na I Guerra Mundial. Foi o suficiente para toda a pólvora que estava se juntando, inclusive com a atuação de Lênin e seu grupo, estourar. Depois de um curto tempo de governo Menchevique (outra facção do Partido Social Democrata Russo), visto a pouca mudança de postura do governo diante da população e a insistência da permanência da Rússia na Guerra, os Bolcheviques tomaram o poder e fundaram o Partido Comunista.

Como todos aqui sabem, ele foi o primeiro governante russo depois da revolução.

 

Lenin e o povo

Durante as lutas nessa época se conta que enquanto outros companheiros pegavam em armas contra seus compatriotas, principalmente soldados do czar, Lênin subia em um palanque e discursava para eles, em prol da revolução que estavam fazendo. Não sei se isso é lenda, mas se conta que várias batalhas vencidas pelos bolcheviques contaram apenas com o carisma de seu líder.

De 1918 a 1921 Lênin começou de fato sua ofensiva marxista, nacionalizando industrias e bancos, controlando a produção agrícola, estabelecendo um forte poder do estado. Em 1921 ele introduziu a NEP (Nova Política Econômica), que contava com um pouco mais de abertura econômica, pois a Rússia passava por uma crise financeira intensa.. Esse fato foi brindado com uma frase célebre "É preciso dar um passo para trás, para poder dar dois passos para frente".

Em 1922 criou enfim a URSS, mas no mesmo ano ficou muito doente por uma crise de hemiplegia e teve que se afastar do poder, vindo a falecer em 21 de Janeiro de 1924. Até hoje cuidam do corpo dele na Rússia com todo cuidado, chegando a gastar US $ 100 mil por ano para mantê-lo.

 

mausoleu de lenin

lenin-mumia

(Acima): Mausoléu de Lenin na Praça Vermelha, abaixo sua múmia como está hoje…

Opiniões políticas à parte não há como negar a importância de Lênin pra política mundial, principalmente no século XX. Todas as teorias que esse grande pensador teve em sua época influenciaram e muito todo o contexto sócio-econômico da nossa era. E continuam até hoje.

"Bem unidos façamos

Nesta luta final

Uma terra sem amos

A Internacional" *

* INTERNACIONAL Música: Pierre Degeyter/ Letra: Eugene Pottier

__________________________________________________

*Ana Recalde é nossa stalker número um, escreve o mangá Patre Primordium, e conhece cultura russa pra caramba.

19 Comentaram...

Anônimo disse...

"mas que também não pretendo ser imparcial, como já devem ter notado."
Olha o papo de bicho-grilo ae... tava demorando... lol
A realidade tem mto mais a ver com aquele Lenin sentado ao lado de Stalin em uma das fotos do post anterior...

Anônimo disse...

essa foto: http://en.wikipedia.org/wiki/File:Stalin-Lenin-Kalinin-1919.jpg

Anônimo disse...

Comunismo só existe ainda na America do Sul, pq ainda vivemos na idade das cavernas. Até a China ja se tocou q é uma furada e deixa varias multinacionais entrarem, só usa o comunismo para como desculpa para ter o estado acima de Deus e qlqr crença, assim como a Coréia do Norte.

Anônimo disse...

*comunismo como desculpa

Anônimo disse...

" Todas as teorias que esse grande pensador teve em sua época influenciaram e muito todo o contexto sócio-econômico da nossa era. E continuam até hoje."

Realmente, tds comunistas aprenderam a seguinte lição: Proíba a pessoas sairem do país q vc comanda.

Vanat disse...

Adorei o posta Ana =D
parabéns. bastante instrutivo apesar de não ser imparcial.

seguinte, pra vcs q falam do comunismo. estudem =D
o COMUNISMO, NUNCA, digo NUNCA foi implementado na URSS. como a prorpia sigla diz, ela era socialista, procurem saber as diferenças sobre os dois conceitos, (sim saum conceitos diferentes, leiam sobre o Marx). E afirmo isso tranquilamente, no Comunismo não existe governo, não como uma anarquia cada um por is, mas a comunidade toda coidando do todo. ^^

Mauro Tavares disse...

cara os tempos atuais dão medo, gente que se lembra com saudade do socialismo, essa praga maldita que varreu o mundo, nunca se derramou tanto sangue de forma hipocrita.
com a suposta ideia de preparar o advento de uma nova era, buscou-se insadecidamente o poder, o PODER, e o resultado foi aquele estado tosco e autoritario da União Sovietica.
A obra de lênin e seus comparsas não serviu pra nada alem de destruir uma boa penca de valores tradicionais que hj nos faltam, pq se hj estamos mergulhados num mundo sem encanto, materialistas ate o extremo, se nao temos outra identidade alem de " trabalhador" ou "consumidor", se a sociedade não nos traz nada alem de " direitos" e cidadania atraves do voto", ou seja, se não somoninguem e o sentido de nossa vida é apenas a produção economica, em grande parte é por causa dos socialistas, a unica coisa que eles fizeram foi ratificar o capitalismo, que basicamente tem as mesmas bases teoricas, o falido Iluminismo !!
Espero que o futuro nos reserve algo melhor e essa visao romantica sobre esse periodo termine.

pq nao nos trazem algo melhor sobre a cultura russa?

Etevaldo disse...

Eu fico abismado com aqueles que tanto criticam a ex-URSS, e principalmente Lenin, quando realmente nem ao menos se prestam a procurar material russo sobre a própria história.
Vivemos em um mundo onde todo o conhecimento, e principalmente a história nos é contada pela mídia que vive em um mundo capitalista. À quem interessa sabermos a verdade?
Não compactuo com o que se tornou a URSS depois da morte de Lenin, principalmente no governo de Stalin, o segundo mais demoníaco do mundo depois de Hitler. Mas não posso negar que Lenin tirou o povo russo das sombras de uma monarquia absolutista, em plena era iluminista.
Se antes o povo não tinha nada mais a fazer do que trabalhar e pagar altos impostos para seus senhores, após Lenin e a revolução este povo pode trilhar seus próprios caminhos, mesmo com espinhos e pedras.
Revoluções nunca serão um mar de rosas. Insatisfeitos sempre teremos de ambos os lados da moeda. Nisso nada podemos fazer, já que somos humanos, e como tais temos pensamentos egoistas.
Lenin não foi um santo, não posso dizer que fora um político correto, honesto. Mas Lenin deu aos russos a chance de uma nova vida. E se procurarem pesquisar em sites russos de história, e não em sites ocidentais escritos com nosso alfabeto, verão o que este povo passou e o que Lenin representou a eles.
É um assunto muito extenso, e de debates acalorados. Fico por aqui antes de destrinche uma tese sobre o líder bolchevique! =D

Dupczak disse...

É verdade... quem não fala bem de Lenin e do comunismo é pq não estudou o suficiente... ¬¬
Por quê não colocar Stalin e a URSS no mesmo patamar de Hitler e da Alemanha Nazi?
Ano passado foi lançado o documentário "The Soviet Story" que trata sobre alguns temas que também gostaria de ver por aqui: "a Grande Fome, o massacre de Katyn, a colaboração Gestapo-NKVD, deportações em massa na União Soviética e experiências médicas no Gulag".
Fala também sobre as milhões de vítimas do regime comunista (ou socialista, como queira) da URSS e que, ao contrario dos judeus alemães, foram esquecidos pela história e hj não têm nenhum memorial.

Alguém mais ae viu esse documentário?

Ana Recalde disse...

A visão romântica ou não dessa época não casa necessariamente com uma escolha política. Para mim, lembrar com nostalgia da URSS é como as pessoas costumam lembrar de desenhos dos anos 80, me vem ma gama de emoções imensa.
Concordo que poderíamos ficar milhares de linhas discutindo o Socialismo Russo e sua influência para o mundo, mas seria algo como um bando de pretenciosos falando. Nem mesmo historiadores russos chegam num conceso, que dirá nós aqui, longe da cultura e história daquele rico país.

Mas uma coisa ninguém pode negar, o Lênin como pensador influenciou sim a sociedade moderna, mas é um absurdo dizer que ele definiu o capitalismo como é hoje.

o Voz do Além escreve sobre coisas que gosta e conhece, como armas e táticas de guerra, e eu também, por isso essa escolha. Agora eu não sou uma profunda conhecedora dos Gulags, aliás pouca gente é, devido a falta de informação.
Sobre a segunda guerra temos milhares de trabalhos e documentos. É simples.

O Stalin teve um grande trabalho de abafar muitas coisas durante seu governo, e nisso ele foi bem eficiente. E também não podemos basear nossa opinião em nenhum trabalho tendencioso, ou mesmo apenas em um programa de televisão, que precisa escolher oq colocar pelo tempo que precisa ter.

Dupczak disse...

"Desde já, pra evitar mimimi, tenho que dizer que esse não se propõe a ser um post nem histórico, nem jornalístico, visto que não sou nenhuma das duas coisas; mas que também não pretendo ser imparcial, como já devem ter notado."
Se tu podes ser tendenciosa eu também posso Ana... lol
Sempre é bom um contraponto para manter o equilíbrio não é mesmo?!

Mauro Tavares disse...

Logico que o holocausto nazista tem mais "documentação" e tb um "memorial", pq isso serve ao interesse politico e financeiro de dominação de um determinado grupo etnico.
Ver tambem > A Industria do Holocausto
Ver tambem > Bastardos Inglorios
As barbaridades cometidas por Stalin ficam no limbo historico primeiro pq a maioria de nossos professores universitarios e intelectuais são de orientação marxista e nunca vão permitir que essas informações venham a ser realmente conhecidas.
Tambem elas não servem para nenhum plano de ação em curso.
Creio que a dita " nostalgia" de um periodo historico como este não pode ser comparada a uma idiossincrassia nerd, como o gosto por um desenho animado do tipo Caverna do Dragão, pois um fato historico como a revolução bolchevique não foi de maneira alguma inocente, suas consequencias são por demais crueis.

O culto as figuras proeminentes do Bolchevismo põe de lado as consequencias de suas ações no mundo atual, quando ligo a doutrina comunista ao sucesso do capitalismo, me refiro especificamente as reformas sociais que possibilitaram o dominio deste em todos as regioes do mundo, assim como a eliminação de qualquer forma de oposição.
O comunismo trouxe a solução á todos os problemas que o capitalismo ja teve ou que venha a ter, desde a solução para a insatisfação dos trabalhadores com reformas e " direitos" ate a solução para a crise economica atual com a interferencia do estado na economia, passando pela anulação do individuo em prol do sistema, e a concepção materialista da Historia.

Luis disse...

Pois é. Marx e Lenin foram de fato grandes pensadores. Com uma capacidade de abstração e análise fora do comum. Talvez até de mais. Mas ambos se esqueceram de um "pequeno" detalhe: o homem.
De tal forma se concentraram na sociedade que deixaram para segundo plano o ser humano como quem faz a sociedade; para eles parece ser o homem sempre um produto da sociedade com pouca ou nenhuma identidade pessoal.

A Voz do Além disse...

Bom, todos os assuntos que vocês citaram acima - Gulag, coletivização, NKVD e II Guerra - serão abordados aqui, e já estão sendo pautados.

Glaspost será uma coluna que inicialmente está planejada para ter 50 capítulos, ou mais ou menos um ano. Pode ser mais, dependendo da quantidade de assuntos a serem abordados. E elas estarão interligadas. Por exemplo: já falei de Gorbachev e um pouco de como a URSS acabou; no futuro haverão muitas referências a esse episódio.

Portanto, o assunto socialismo não acaba aqui, e nem Revolução Russa. Então, ainda haverão muitas outras coisas por aqui (inclusive uma série de sete posts sobre II Guerra, e um REALMENTE especial sobre espionagem, além do que eu acho que foi e é o socialismo/comunismo).

Até lá!

Mauro Tavares disse...

Sugiro um post sobre a arte pré e pós revolucionária, além de um tb sobre o cinema e literatura, so quero deixra claro que estou curtindo a bagaça.

fui!

Anônimo disse...

mandar matar toda a familia real e seus empregados que nao tinham nada a ver...esse cara nao passa de um assasino, na cadeia tem melhor

Anônimo disse...

LENIN ERA UM CANALHA.

Dalisson disse...

LENIN ERA UM CANALHA -2-

Assassino sanguinário assim como Stalin que inspirava tanto medo que quando teve uma hemorragia cerebral ninguém teve coragem de socorre-lo. Esse é o paisinho do povo, o capitalismo é muito mais humanista que o socialismo pode ser e o comunismo é só uma palavra, uma desculpa para explicar porque esse sistema de governo nao dá certo - simplesmente diga que nao chegou à etapa final.

kwhvelasco disse...

Nerds? vcs são um tanto alienados! Tudo bem que se fale de comunismo com paixão, e saibamos que o comunismo não sirva como exemplo sequer para os criminosos do CV e ADA. Mas ponham aqui exemplos virtuosos do capitalismo conetemporãneo, e eu escorraço todos com maldades e horrores exemplares... Não existe exemplo de politca perfeita. Antes, ponham suas mentes recheadas de jogos norte-americanos e nipônicos pra funcionar e tentem arranjar uma ideologia pra crer - nem que seja a Igreja Universal, nem que seja o PMDB, nem que seja o Partido Pirata. Falar mal é mole. Quero ver falar de História sem paixão. Eu creio em alguns "ismos"... Cristianismo, Socialismo, materialismo. Vocês acreditam em quê, hoje em dia? melhor acreditar em sonhos impossíveis do que em realidades perversas.
Depois falam que nerds e nerdas viciados em Grand chase fazem rituais satânicos jogando yu-gi-oh em lápides de cemitérios...

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo